Mostrando postagens com marcador desenvolvimento infantil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador desenvolvimento infantil. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Os Filhos Crescem!


Parece tão óbvio dizer que os filhos crescem, mas por um bom tempo este fato não é tão óbvio na nossa mente de mãe. Ficamos acostumadas com seres pequenos e dependentes.

Quando estão em nosso ventre, impera um verbo possessivo em nossa cabeça. Estão ali!  Basta cuidar de nós mesmas e estamos cuidando deles. São tão nossos! E parece que será assim para o resto da vida. 

Nascem e nos tornamos a juíza. Batemos o martelo para as decisões importantes, porque, afinal, são tão dependentes de nós. Olhamos para aquele pequeno tamanho de necessidade, de desconhecimento do mundo, de inexperiência, e pensamos que obviamente será assim a vida inteira, com maior ou menor grau, mas continuará assim, tão dependente da gente. 


terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Os 05 Primeiros Anos de Vida

05 anos! Num estalar de dedos! Meia década de maternidade! Sem contar as 42 semanas de gestação. 

Sempre que dezembro chega eu consigo sentir tudo que eu sentia naquele dezembro. O cheiro de panetone, as luzes de Natal, a árvore na sala, os sinos na porta... Tudo neste mês faz eu lembrar da primeira vez que os olhos do meu filho abriram para o mundo (já contei nosso parto AQUI).

Foi outro dia que eu estava olhando para aquele bebezinho que não sabia falar e imaginando quando chegariam e como seriam as próximas fases. 

Era tão pequeno, dependente e tudo era tão novo. Ainda é! É verdade! Ele é meu único filho, não sei como serão as coisas pelos próximos mil anos (porque era tudo que eu queria que ele vivesse), mas, com o passar dos anos, ficamos mais confiantes na maternidade. 

5 anos, Os primeiros 5 anos de idade

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Mudando de escola - A primeira semana do Théo


Olá mamães e papais!

Como prometido, hoje voltei para falar um pouquinho pra vocês sobre como foi a primeira semana do Théo na escolinha nova!

Resultado de imagem para primeiro dia de aula
Imagem do Google


Coração de mãe vocês sabem como é, né? Tive uma reunião e saí super cedo de casa, mas fiquei de olho no celular o tempo todo! E perguntei pelo menos mil vezes pro namorido como o Théo estava!

Fiquei com muito medo por pensar que ele, agora maiorzinho, teria mais medo, mais desconfiança, etc. Maaaaaaaas, como em todas as outras coisas nessa vida de mãe, tive uma surpresa: Théo se adaptou muito rapidinho! É claro que ele chorou nos primeiros dias, mas nos dois últimos só ficou com uma pequena insegurança mesmo, e não chorou! Ele tem saído de lá bem feliz (palavras do papai).

Lembro que na segunda, quando me encontrei com ele, perguntei:

- E aí, Théozinho, como foi na escolinha?

Ele, mais que depressa, respondeu:

- Escolinha futebol!!!

(Lá na escolinha dele tem uma quadrinha infantil de futebol, e ele com certeza amoooou isso).


(Olha a carinha de cansado depois do primeiro dia =D )


Pra mim essa resposta foi satisfatória! Ele associou a escola a algo bom, pelo menos inicialmente. Ele está almoçando lá, e chega exausto (o que pra mim e outro bom sinal, de que ele está se exercitando e gastando bastante energia).

Por ser uma escola menor, de bairro, fiquei um pouco mais insegura, pois ele estava vindo de uma escola bem grande. Nessa semana ele ainda ficou sem uniforme (não tinha do tamanho dele quando fui comprar), o que só aumento as minhas preocupações malucas. Mas uma coisa aquietou meu coração: no primeiro dia de aula ele chegou cheio de lembrancinhas da escola, mensagens de início de ano... Tudo uma gracinha!

Agora já chegou a lista de material e a apostila, e já deu pra ver que ele vai fazer muita coisa linda! Eu adooooro trabalho de escola, e eles fazem muitos la na escolinha dele!

Mas não pensem que acabou:

O próximo desafio agora é deixá-lo uma vez por semana na parte da tarde. Vou tentar isso apenas na semana que vem, pois esse carnaval com certeza vai ter uma má influência na adaptação dele, né?


Queria saber de vocês também, gente! Como foi o primeiro dia de escola dos filhotinhos? Dá um aperto no coração, né? Mas temos que deixar tudo nas mãos de Deus, além de confiar naqueles a quem entregamos nossos amores! Tenho certeza que todos nós fizemos as melhores escolhas!

Me contem tudo, em?!

Um beijinho,



G.

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Coisa de mãe

Oi mãezinhas!

Como professora, sempre fico querendo ser a "dona" da educação do Théo. Sempre me impus mesmo! E desde que decidi mudar o Théo de escola, fiquei pensando na possibilidade de adiantá-lo do maternal I direto para o maternal III. Ele nasceu no meio do ano, em junho, e estava no maternal I no ano passado, quando na verdade deveria estar no II. Todas as escolas que procurei diziam que ele precisava ser adiantado, com exceção de uma. E foi nessa exceção que eu acabei por matriculá-lo. Mas por que eu fiz isso? Hoje vou explicar e compartilhar minhas razões com vocês.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Quarto da Cecília 3: Espelho e Barra

Pra quem acompanha o nosso blog, não é novidade posts que contam sobre o quarto montessoriano da Cecília. Iniciei contam sobre minha pesquisa e definições do que ficou para mim sobre O que é o Quarto Montessoriano. Após resolvi pintar uma Casinha e contar para vocês sobre a escolha do tapete e rodízio de brinquedos.

Hoje vou trazer mais dois elementos que ficam em uma mesma parede: O espelho e a barra!

A barra auxiliou muito no desenvolvimento motor da Cecília, antes de andar ela já se apoiava na barra para ficar em pé. pegar objetos que eu pendurava e andar com apoio em marcha lateral. Depois que coloquei o espelho virou festa e o agachamento era constante! Sua diversão era ver a "imagem" do espelho acompanhando seu movimento de abaixar e levantar.
Essa "barra para bebês" não é nada mais nada menos do que uma barra para pendurar cortina! 


segunda-feira, 6 de julho de 2015

Quarto da Cecília 1 : A Casinha!

Após a decisão de um quartinho montessoriano para a Cecília, inventei moda - o que é minha especialidade - e contei com a ajuda de duas amigas: A Mari e a Juju, sua filha de 3 anos que me ajudou muito na tarefa de deixar o quarto da Cecília lindo. Como é bom realizar este tipo de projeto com crianças! Esqueça o perfeccionismo e a rapidez, aprecie a felicidade de uma criança em se sentir importante, útil e querida. Dê atividades que ela possa executar e dependendo da idade ou do projeto deixe um adulto de olho, de preferência alguém que passe segurança para o pequeno, pois em caso de erro, ele não ficará tão constrangido.

Pintamos uma casinha no quarto da Cecília que virou um cenário, algo parecido com um quadro gigante! A parede era branca e como vou mudar daqui 2 anos - transferência do marido - pensei em um quarto para esses anos, pois ao final preciso pintar toda a casa da vila militar de branco novamente para ser entregue. Por se tratar de um prazo curto de utilidade, resolvi usar tinta guache mesmo e o resultado foi bem legal!

Vamos ao passo a passo:

1- Marque na parede o cenário que vai pintar com fita crepe, delimitando até onde cada cor deva ir.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

O que é Quarto Montessoriano?

Quem já ouvi falar em quarto montessoriano? Essa ideia surgiu a partir do Método Montessori criado pela educadora e pediatra italiana Maria Montessori que, em síntese, pretende estimular a criatividade e autonomia da criança em uma busca direta e pessoal do aprendizado.