sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Encontro Canguru: Como brincar na cidade


Os cenários de Belo Horizonte, tão presentes em nosso cotidiano, podem ser palco para as brincadeiras das crianças. É o que garantem Flávia Pellegrini e Miriam Barreto, idealizadoras do movimento Na Pracinha e colunistas da Canguru.

Segundo elas, os pequenos podem enxergar a cidade onde vivemos como um local de convivência, ajudando as crianças a construir um sentimento de pertencimento durante a infância. No mês do aniversário de Beagá, as duas comunicadoras serão as convidadas do Encontro Canguru para falar sobre a importância da brincadeira no desenvolvimento infantil. 

O evento será realizado no dia 17 de dezembro (sábado), às 10h30, no Anfiteatro do Pátio Savassi.

Para garantir a sua vaga, basta acessar www.bit.ly/BrincarNaCidade, preencher o formulário e, no campo mensagem, escrever MAMÃE SORTUDA. As inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas.


Encontro Canguru, Brincando em Belo Horizonte, Na Pracinha, Canguru BH

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Roteirinho de Sorte: Programações para Dezembro


O útlimo mês do ano chegou trazendo muita diversão! Além das comemorações natalinas, Dezembro vem com muitas programações culturais e ao ar livre. Então, bora passear e brincar?

passeios com crianças em bh

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Sonho: Curso de Fotografia



Comprei minha câmera em uma viagem para Orlando em 2013 por amar fotografia. Ter uma máquina profissional de entrada foi uma das melhores coisas que já me aconteceram! Que fotos lindas! Mesmo não tendo técnica alguma, não é que as fotos eram diferenciadas? Com o passar dos clicks percebi como me faltava conhecer a minha máquina e a Helô começou a pesquisar sobre cursos de fotografia em Belo Horizonte para fazermos juntas. Tá bom que a máquina já ajudava e muito, mas as vezes eu queria um fundo borradinho, pegar a paisagem numa certa perspectiva e mesmo que eu me virasse do avesso não dava certo.


Tudo azul (Aline)

Sugestões de presentes solidários


Se está em busca de presentes diferentes para este Natal temos uma listinha de presentes solidários para você! Dentre as diretrizes do Blog Mamãe Sortuda está a promoção de ações solidárias. Com certeza será um ótimo exemplo para o seu filho, saindo do consumismo gritante desta época para um presente consciente, com objetivo de ajudar outras pessoas e projetos especiais!

Novo Céu - Calendário e Agenda 2017



Podem ser adquiridos pelo site http://www.novoceu.org.br/shop (Boleto e Cartão) ou nos postos de vendas: 
  • Projeto Assistencial Novo Céu - Rua Macaúbas, 745 - Jardim Laguna - Contagem (Cartão e Dinheiro)
  • Galeria Rogério Fernandes - R. Antônio de Albuquerque, 749 - Savassi (Apenas dinheiro)
  • Espaço 670 - R. do Ouro, 670 - São Lucas (Apenas dinheiro)

Um pé de Biblioteca - Produtos Educativos via Tok&Stok



        3 Cabides de parede                         Jogo Americano              Bem Mau Lobo com 3 Porquinhos  




Sabemos que a leitura transforma vidas, que o livro é um bem precioso, e a Biblioteca é um o espaço para formar leitores mais conscientes e preparados para vida. Queremos dar a todos as mesmas oportunidades de se tornarem leitores entusiasmados e confiantes. O Instituto Um Pé de Biblioteca realiza a abertura e manutenção de bibliotecas em comunidades carentes do nosso país. Bibliotecas alegres, convidativas, estimulantes e vivas.

Há algumas maneiras de arrecadar recursos, uma delas é a parceria com a Tok&Stok com produtos incríveis! São produtos solidários, porque parte da venda é remetida ao Um Pé de Biblioteca. Os produtos podem ser comprados pela internet ou em alguma loja da rede. É possível também realizar a doação financeira para manutenção deste projeto.

Infanciar: Participação do financiamento coletivo do livro Lacre do Bem



Para cada contribuição realizada haverá uma recompensa bem interessante! e ainda você ajuda a fomentar um projeto muito lindo! Aqui você encontra todas as informações de como ajudar nesse projeto: Financiamento coletivo projeto Lacre do Bem. Para receber as recompensar é necessário que a haja a arrecadação mínima prevista para o projeto para fomentar a produção do livro. Na plataforma Infanciar você encontra sempre um projeto interessante para investir desta forma!


A Mmartan está com produtos lindíssimos e de primeira linha com preço de Bazar. Conciliar solidariedade com a compra de presentes é bem legal! A 3ª edição do Bazar Solidário Mmartan será nos dias 9 e 10 de dezembro, de 9h às 19h, na Casa de Festas Miriam Maia II, em Belo Horizonte (Rua Paulo Ribeiro Bastos, 800 - Jardim Atlântico - esq com Av Portugal, próximo ao Clube Labareda)! A ação está sendo promovida em prol do Novo Céu! 


Tem ideias de mais presentes solidários!?
Nos escreva contando!






terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Réveillon Família 2017 é na Let’s Go Festas


Uma super festa na Orla da Lagoa da Pampulha com vista para os fogos e estrutura completa para crianças.

Você não pode perder esse grande evento com, risoteria ao vivo, brigaderia, ilha de antepastos, drinks e muito mais. Enquanto as crianças se divertem com a equipe Let’s Go, os adultos desfrutaram de um show com a banda Alumas e a participação de DJ, traga sua família e comece 2017 em grande estilo. 

Data e Local: 31/12/2016 
Endereço: Avenida Otacílio Negrão de Lima, 1300 Pampulha - BH. 
Horário: 20h00min às 04h00min
Para maiores informações ligue: (31) 2523-0101 / 2523-0202 / 99255-0152

Let's Go, Réveillon Família 2017, Festaslet

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Parto (a)normal

 A gente vê em filmes e novelas partos lindos, simples, mágicos! Mas nem sempre é assim... Hoje vim contar sobre o nascimento da minha princesinha. Já faz mais um ano, eu sei. Mas é muito difícil esquecer meu parto anormal (denominação dada pelo meu marido) Rsrsrsrs.
meu parto normal quase foi uma cesárea
36 semanas

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Meu Filho Não é Batizado!

"Estou grávida!" e logo foi pensar nas milhões de coisas que viriam pela frente após a maternidade. Uma delas o batismo. 

Cada religião tem sua forma de batismo (agregando todos os significados: rito de passagem, de iniciação, sacramento...) e, normalmente, as crianças passam por ele no primeiro ano de vida. 

É difícil não acontecer assim. Para além das questões religiosas, tem aquela leve pressão dos conhecidos. A criança nem nasceu ainda e já tem gente perguntando quando será o batismo, onde será, se já escolheu os padrinhos (momento que costuma terminar em briga, afinal todo mundo quer ser madrinha/padrinho de um bebezinho fofinho, sem nem pensar muitas vezes qual a função deles na vida da criança). É comum, no auge da emoção que a maternidade/paternidade traz, os pais já terem tudo isso muito bem elaborado e definido antes mesmo da criança nascer. 

Mas e quando os pais decidem que vão dar um tempo para a criança crescer? Não! Não é para falar sobre as histórias de terror e os pesadelos na vida da criança que não é batizada. É para falar sobre decisões. Sobre escolhas. Sobre convicções. Sobre fé (por que não?). 

meu filho não é batizado

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

sábado, 26 de novembro de 2016

DIY: Latas para presentes


Eu sou a louca que guarda tudo: latas, caixas de produtos, vidros, sacolas... Prazer, meu nome é acumuladora! Mentira, eu me sinto super mal jogando algo no lixo que pode ser reaproveitado, sendo assim sempre penso em novas funções para estes materiais ou faço doações para amigas festeiras.

Para as latas de leite encontrei uma função maravilhosa: transformá-las em embalagens para presentes. Normalmente coloco por dentro biscoitos amanteigados e doces, mas você pode colocar o que quiser dentro delas!

É bem fácil de fazer e todo mundo que já ganhou algum presente meu que veio neste tipo de embalagem amou! E a ideia pode ser utilizada para fazer lembrancinhas de aniversário, escola e outros!

lata para presente, lata de leite, reciclando, mamãe sortuda

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Viajando com as crianças: Foz do Iguaçu


No dia 12 de Novembro, eu minha irmã, minha mãe e as crianças partimos em uma viagem muito legal!

Foz do Iguaçu com crianças
Nossa chegada no aeroporto de Foz do Iguaçu
Tinha muito tempo que nós três não viajávamos juntas... acho que desde que crescemos e começamos a trabalhar, nunca mais viajamos juntas... então minha irmã organizou essa viagem para Foz do Iguaçu, só nós, sem maridos!

Confesso que eu fiquei meio apreensiva, achei que íamos brigar a viagem inteira, mas foi surpreendente! Eu, que sou a mestre do Stress estava calma, vejam só! Então resolvi contar para vocês como foi a experiencia de Foz do Iguaçu com crianças. Vamos la?

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Pensando no segundo filho


A minha gravidez foi no susto!

Parei de tomar pílula após sentir fortes dores de cabeça e pensei em colocar o "Mirena" assim que a menstruação chegasse. Para quem tomou pílula por 9 anos, engravidar em uma semana era um tanto improvável na minha cabeça, mas não foi bem assim. Engravidei!

Agora, quero muito o segundo filho e planejar tudo como manda o figurino. Cecília foi a melhor surpresa da minha vida e eu quero que o segundo seja o meu melhor planejamento!

Tenho pensado tanto, mas tanto, que até para as minhas incertezas fui criando respostas:

foto gestante a espera do segundo filho


"O Brasil está em crise. As coisas não estão fáceis, dona Aline.O orçamento vai apertar demais!"

Mais vale a alegria de um irmão do que qualquer brinquedo; a experiência de ter um irmão para a vida toda do que qualquer ida à Disney; a troca de sentimentos e ações realizada por irmãos do que a mensalidade absurda de uma escola que ensina latim. Eu amo a oportunidade de ter crescido com as minhas irmãs e poder contar com elas nos dias de hoje de um jeito diferente do que qualquer pessoa, amigo ou integrante da família.


"A Cecília não quer um irmão. Será que ela não vai sentir muito?"

Eu incentivo demais. Falo sempre em irmãozinho, vimos o filme Cegonhas e todas as vezes que falávamos em neném, ela dizia que ela era meu neném. Até que eu comecei a dizer então que eu era a irmã do neném, que a mamãe tinha saído e eu estava tomando conta dela. Agora ela fala que eu sou o neném e ela é a irmã. Vez ou outra trocamos os papéis, mas a mamãe sumiu da brincadeira. Ela começou a entender a parte boa do ter um irmão imaginando.

foto gestante a espera do segundo filho


"Deixa pra ter quando ela te pedir um irmão. Pra quê apressar as coisas? "

Não, eu não quero esperar muito. Quero que eles tenham pouca diferença e cresçam juntos. Isso faz diferença na hora da troca de vivências e no meu trabalho, convenhamos. Crescer com um irmão é diferente de ajudar a criá-lo com os pais, ambos tem seus prós e contras, mas seguindo o que eu vivi com as minhas irmãs e amo, é o que quero para a Cecília. Talvez a criança jamais te pedirá um irmãozinho, isso não quer dizer que ele não será um presente e tanto quanto chegar.


"Você não vai ter a família perto para te ajudar. Espera voltar para BH!" 

Se eu fosse esperar ter minha família perto para tomar as decisões da minha vida, eu não faria nada. A minha realidade não me permite isso e eu preciso dividir tudo com o meu marido. Ele é o pai e tem papel importantíssimo para mim e minha filha. É ele que será meu aliado para o próximo. O que eu estou analisando é o momento profissional dele e nada mais, pois ele é meu grande companheiro e isso é o que importa para mim em meu melhor planejamento da vida!!!

foto gestante a espera do segundo filho


Enquanto eu escrevia esse texto, fui surpreendida pela Cecília, que ao escrever uma carta para o Papai Noel em uma oficina do Party at the mall, no Diamond Mall, pediu para ele um bebê. Insisti na ideia de boneca bebê e ela disse que não, que ela queria um bebê irmão! Fiquei em choque! Mesmo incentivando tanto esse desejo, não esperava! Achei lindo, me deu vontade de chorar, gritar e encomendar o irmãozinho para ontem! Guardei a cartinha, vontade de fazer um quadro!

Então eu percebi uma coisa que eu já sabia, mas não tinha vivenciado com tanta certeza. Eles sabem como agradar a gente, sabem o que nos deixa feliz e querem fazer isso. Prestam atenção no que dizemos, mesmo que não seja diretamente para eles e nós influenciamos suas ideias a todo instante!

Quando vocês assustarem estarei aqui escrevendo sobre a segunda gravidez e com o piscar dos olhos, virá mais um delicioso pacotinho para a minha vida!

Fotos: Aquila Louback
Beijos,


Aline Caldas Viterbo


segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Convite especial: aula de defesa pessoal


Somos conhecidas como "sexo frágil", mas sabemos muito bem que não somos tão frágeis assim. A aula de Defesa Pessoal visa mostrar que o famoso “sexo frágil” pode e deve adquirir condições de se auto proteger de situações frequentes do dia-a-dia, sendo em casa e/ou na rua.


O que é?

As técnicas de defesa pessoal têm origem nas artes marciais tradicionais que foram adaptadas por pessoas comuns, para que estas pudessem defender-se em suas vidas cotidianas.

Com o intuito de defender sua integridade física e até mesmo a vida, na aula de defesa pessoal utilizam-se técnicas simples de bloqueios, retenções e alavancas para dominar o adversário o mais rapidamente possível, encurtando o tempo de combate com o objetivo de evitar riscos e deixar em segundo plano diferenças físicas.


Porque fazer?

Conversando com o professor Roberto Zanetti, ele classifica o aprendizado como "Uma auto defesa, a fim de aumentar a confiança para enfrentar situações adversas".

Segundo o professor, é muito importante frequentar este tipo de aula para se "preparar psicologicamente e fisicamente para proteger a si mesmo e proteger quem você zela". Além de ser ótimo para "melhorar a coordenação motora, despertar mais a atenção, melhorar a capacidade de ação e reação da pessoa." No mundo que vivemos atualmente, andamos olhando para todos os lados, tensos, temerosos.

Uma pessoa praticante de defesa pessoal, conquista um crescente controle emocional, desenvolvimento físico, controle motor, aumentam a auto-confiança e total controle de si mesmo, condicionando os reflexos, induzindo as decisões rápidas, simples e seguras em situações caóticas.


Experiência própria

Já fui assaltada duas vezes. Em uma das vezes eu fui seguida por muito tempo: estava em minha moto e me obrigaram a entrar em uma rua deserta. Eu fugi. Não pela moto (seguro está aí para isso), mas eram dois homens e eu. Pensei na hora no que eles poderiam fazer comigo. Respirei fundo, me concentrei e pilotei o mais rápido que pude. E se eu ficasse muito nervosa? Acidente grave com certeza, principalmente porque estava na beira de um córrego!

A auto defesa não me ajudaria nesta situação, já que estávamos em veículos diferentes. Mas ajudou a manter o foco, o equilíbrio emocional, a raciocinar sob pressão...

Se levaram a moto? Levaram. Mas nada fizeram comigo, principalmente porque eu já estava em frente a um bar (exatamente onde eu planejei chegar quando me fecharam e forçaram a seguir por um caminho que não o meu). O que me atrapalhou foi um caminhão. Fiquei entre o córrego e o caminhão, o que lhes deu a chance que tanto precisavam. Mas invés de tremer, chorar e ficar nervosa, eu conversei com eles, respondi as perguntas que me fizeram e fui atrás de um homem que estava falando ao celular. Esperei a polícia, conversei, me levaram em casa e só lá desabei. Será que qualquer um faria isso? As aulas de auto defesa podem proporcionar este tipo de atitude a qualquer um.


Porque fazer aula de defesa pessoal e não arte marcial?

Minha opinião: a defesa pessoal é a mistura de várias artes marciais, o que a torna bem interessante. Eu já fiz jiu jitsu e não me adaptei bem. Fiz muay thai e gostei mais do que o jiu jitsu, mas ainda não era o que me empolgava. Tentei MMA, mas achei o treino muito pesado e desisti.

Atualmente estou fazendo Taekwondo e estou amando! O treino é pesado e extremamente disciplinado, mas não é desculpa para parar (como aconteceu com as demais modalidades), pois realmente me identifiquei com o TKD.

Precisei fazer 4 artes marciais diferentes para encontrar a ideal para mim. E, se não fosse pela insistência do meu marido (faixa marrom no BJJ, verde no TKD e sei lá o que no Muay Thai) em me mostrar o quão importante é praticar arte marcial, eu teria desistido.

No caso da defesa pessoal, vemos um pouco de tudo, o que enriquece o aprendizado e a pessoa não desmotiva.


Convite especial

Convite Aula Defesa Pessoal - Academia Sigma - Blog Mamãe Sortuda

Lua de mel dos Sonhos : Casal sortudo!

Na saúde, na doença, na alegria , na tristeza... em cachoeiras, praias , montanhas, cabanas, pousadas, hostel, castelos... Que estejamos juntos sempre, mas que acima de tudo que queiramos estar juntos e, por saber que juntos nos completamos, somamos alegrias, dividimos tristezas, multiplicamos momentos de pura e sincera felicidade!!!! Juntos , mas respeitando a identidade do outro. Difícil , mas não impossível! Que possamos ser sempre companheiros... aqueles que comem o pão juntos ,lembra? Que possamos ser nós mesmos sem que isso signifique ser o que os outros esperam de nós. Que possamos seguir nosso caminho com sabedoria, maturidade, diálogo e amizade. Que saibamos entender que o amor e o corpo vão se modificando ao longo do tempo, mas que possamos nos lembrar sempre o porquê de estarmos juntos!!! Que continuemos sendo referência de amor, ética e integridade para nossa pequena. Que a poesia não nos falte. Que nosso lar seja abençoado e fraterno . Que as banalidades da vida não retire o nosso mel!!! Enfim... Que a felicidade vire rotina!!!!


Viagem para a europa a dois sem filhos

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Frida Kahlo - Temas Alternativos para Festas

Olá, famílias sortudas!

Se tem um tema que bombou este ano nas festas infantis foi Frida Kahlo (1907-1954). 

Levanta a mão quem não consegue achar a cultura mexicana interessantíssima. Pois é! Frida era apaixonada pelas tradições e cultura do seu país e demonstrava isso no modo de se vestir e em seus trabalhos. 

Frida teve uma vida de dificuldades, sofrimentos e superações. Quando era criança, uma poliomelite a deixou de cama durante um tempo e, como sequela, teve uma lesão no pé. 

Quando jovem, foi estudar medicina na primeira turma feminina da Escola Nacional do México, mas sofreu um grave acidente. Frida foi perfurada no abdômen e teve múltiplas fraturas. Precisou realizar diversas cirurgias e ficou em estado grave. Levou um bom tempo para a recuperação, mas foi nesse período que seu lado pintora surgiu. 

Alguns anos depois, Frida conheceu Diego Rivera, famoso pintor da época, que acabou tornando seu marido e a revelou como artista. Os dois tiveram um relacionamento intenso, cheio de problemas, mas que sobreviveu ao tempo.

Ao longo da vida, Frida sofreu com várias complicações de saúde. Amputou dedos do pé, uma perna, teve problemas na coluna, úlcera. Nunca teve filhos, pois o acidente que sofreu na juventude comprometeu seu útero, impossibilitando de levar uma gestação até o fim, por isso teve diversos abortos. 

Apesar de todos os problemas, Frida participava de manifestações, da luta política e da arte. Foi a primeira pintora mexicana a ter um dos seus quadros expostos no museu do Louvre. Morreu com 47 anos, mas foi uma mulher à frente de seu tempo e acabou virando ícone das artes e do universo feminino.

Retratou em sua arte suas dores, sua vida. Viu beleza nas tragédias e transformou as "deficiências" em estilo. Como não se inspirar com Frida Kahlo?

Pinterest

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Projeto Social Lacre do Bem

Esta campanha foi idealizada pela menina Julia Macedo de 12 anos. Consiste em arrecadar lacres de latinhas de alumínio e com os recursos arrecadados com a venda desses lacres, adquirir cadeiras de rodas que serão doadas para pessoas, creches e outras instituições que cuidam de crianças com paralisia cerebral ou mobilidade reduzida.

Tudo começou a quase 3 anos atrás, após uma doação que fizemos a Creche Tia Dolores, que cuida de crianças com paralisia cerebral. Quando Julia recebeu esse agradecimento, que foi em forma de bonequinhos de papel (origami), guardou em seu coração a vontade de ajudar mais um pouco a creche.

No início, sua ideia consistia apenas em recolher lacres das latinhas que encontrasse pelo caminho. Foi muito difícil, pois juntar tantos lacres não é tarefa simples. Mas a Julia tinha determinação: fazia bilhetinhos todos os dias e entregava na escola, pedindo às pessoas que colaborassem recolhendo lacres. Foi assim que chamou a atenção de colegas, professores, amigos e parentes, ao ver que sua atitude poderia ajudar muita gente.




terça-feira, 15 de novembro de 2016

Assumindo os cachinhos! Empoderamento infantil


É no mês de Novembro que o calendário de datas comemorativas brasileiras tem uma de suas mais importantes conquistas: o Dia 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra. Mas, o que essa data tem a ver com nossos filhos? Tudo! Para formamos cidadãos melhores e mais empáticos precisamos trabalhar com nossos filhotes, desde pequenos, que ninguém é melhor ou pior que ninguém, somos apenas diferentes, mas com IGUALDADE DE DIREITOS. Segundo a Declaração dos Direitos da Criança, todas as crianças devem ter direito à igualdade de tratamento sem distinção de raça, cor, sexo, religião etc.


assumindo os cachinhos empoderamento infantil

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Tatuagem em família

Quem AMA tatuagem aí ? Levanta o dedo! Euuu!!! Tenho sete feitas e tenho mais umas três em stand-by! Tatuagens são formas de contar nossas histórias, marcar momentos importantes de uma maneira muito particular. Tenho as que representam minha fé, minha família, a abertura de um ciclo de mudanças em minha vida, uma para a minha vózinha, tenho também a que não significada nada (achei bonito e fiz! Hahaha!) e agora a do meu filho Benjamin.
Já havia conversado com meu marido sobre a vontade de fazer uma tatuagem em homenagem ao nosso pequeno, pensamos em mil possibilidades e resolvemos fazê- la juntos. Queríamos algo que fosse profético através da palavra tatuada, o chamamos de Ben, apesar de ser com "n" acreditamos que o próprio nome já traz coisas boas. Assim, veio a tatuagem inspirada no capítulo 5 de Mateus da Bíblia : BEN- Aventurado, desejando a ele que seja luz para esse mundo.

Escolhemos uma fonte que não fosse nem feminina, nem masculina e cada um escolheu o seu lugar. olha só como ficou:

tatuagem filhos
"Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus"

domingo, 13 de novembro de 2016

Palestra: Como ensinar meu filho a comer bem?


Pais e mães até sabem o que faz bem e o que não faz na hora da alimentação das crianças. O difícil é ensinar aos pequenos a praticarem com prazer o que é correto. 

Gastrônoma especializada em alimentação infantil e embaixadora oficial em Belo Horizonte do projeto Food Revolution, de Jamie Oliver, nossa blogueira Luiza Fiorini vai compartilhar dicas práticas para revolucionar a rotina alimentar na casa dos leitores de Canguru.

“Como ensinar meu filho a comer bem” é o tema da palestra que ela fará no Encontro Canguru deste mês. O evento será no dia 26 de novembro (sábado), às 10h30, no Anfiteatro do Pátio Savassi.

Quer garantir a sua vaga? Basta se cadastrar no link:  http://bit.ly/EnsinandoAComerBem e, no campo MENSAGEM, escrever MAMÃE SORTUDA! 

Corra! O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas.

Luiza Fiorini - Alimentação para crianças - Canguru BH

Beijos,

Aniversário Tema Dinossauro - Meninas - DIY - Belo Horizonte - festa no parque