Mostrando postagens com marcador educação infantil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador educação infantil. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Que bagagem queremos deixar para nossos filhos?

Quando a vida começa, o bebê tem uma mala de mão bem pequena, vazia. Nos primeiros anos de vida, nós somos responsáveis pela grande maioria do que vai lá dentro. Mas o que vamos deixar lá? Como vamos ajudar nossos filhos a se desenvolverem emocionalmente? O que nossos filhos poderão oferecer ao mundo quando se tornarem adultos?

futuro dos nossos filhos, educação infantil , Mamãe coruja, criação dos filhos, seja exemplo, exemplo de vida, filhos são espelhos dos pais
Brincar é essencial para o aprendizado da criança!

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Deixe o pai ser pai!

paternidade ativa

A cada dia o assunto paternidade tem sido mais discutido, a maternidade hoje divide seu protagonismo lado a lado com pais cada vez mais ativos na criação dos filhos. No meu caso, vim de uma criação que a respondibilidade educacional era muito mais da minha mãe do que do meu pai. Apesar de ser um excelente pai, de termos histórias incríveis juntos, era uma relação distante e a função do pai era intervir em questões que fossem mais importantes, enquanto a mãe cuidava das questões corriqueiras. E por experiência, vejo que isso deixa lacunas nas relações entre pais e filhos. E meu pai, como filho, não foi diferente né? Ninguém o ensinou a olhar a paternidade sob um outro olhar. Ele foi pai, como ele viu o pai dele o sendo.

Acredito que hoje nossa geração seja privilegiada, por haver mais informações, pelo assunto ser mais debatido e também por vários homens que tiveram esse mesmo modelo de educação, e acreditam que ela possa ser melhorada.

Hoje é muito comum vermos pais com as crianças e dando conta do recado. Vemos mais pais em reuniões escolares, vemos pais parando para conversar com os filhos, pais participando das atividades e decisões do dia a dia, seja para comprar roupa, levar ao dentista ou ao médico de rotina, ao judô ou ao balé.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Evento gratuito: O que preciso saber (e fazer) sobre a rotina escolar do meu filho


Acompanhar a vida escolar dos filhos é, quase sempre, um grande desafio para os pais. Afinal, o que é preciso saber (e fazer) sobre a rotina escolar das crianças? Como e quando eles devem interferir?

Essas são questões que Tatiana Camargos Lamego pretende responder no Encontro Canguru do mês de setembro. Professora com especialização em educação infantil e comunicadora social, Tatiana é fundadora da BEM FAMÍLIA TUTORIA, que orienta, de forma individualizada, pais com diferentes necessidades. “Eu acredito na educação de pais e filhos como base da família”, costuma dizer a especialista. 

O encontro será no dia 24 de setembro, no Anfiteatro do Pátio Savassi. Quer garantir a sua vaga? Basta se cadastrar no link http://bit.ly/ECRotinaEscolar e, no campo MENSAGEM, escrever MAMÃE SORTUDA! Corra! 

O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas.

Encontro Canguru - Tatiana Camargos

terça-feira, 1 de março de 2016

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Mudando de escola - A primeira semana do Théo


Olá mamães e papais!

Como prometido, hoje voltei para falar um pouquinho pra vocês sobre como foi a primeira semana do Théo na escolinha nova!

Resultado de imagem para primeiro dia de aula
Imagem do Google


Coração de mãe vocês sabem como é, né? Tive uma reunião e saí super cedo de casa, mas fiquei de olho no celular o tempo todo! E perguntei pelo menos mil vezes pro namorido como o Théo estava!

Fiquei com muito medo por pensar que ele, agora maiorzinho, teria mais medo, mais desconfiança, etc. Maaaaaaaas, como em todas as outras coisas nessa vida de mãe, tive uma surpresa: Théo se adaptou muito rapidinho! É claro que ele chorou nos primeiros dias, mas nos dois últimos só ficou com uma pequena insegurança mesmo, e não chorou! Ele tem saído de lá bem feliz (palavras do papai).

Lembro que na segunda, quando me encontrei com ele, perguntei:

- E aí, Théozinho, como foi na escolinha?

Ele, mais que depressa, respondeu:

- Escolinha futebol!!!

(Lá na escolinha dele tem uma quadrinha infantil de futebol, e ele com certeza amoooou isso).


(Olha a carinha de cansado depois do primeiro dia =D )


Pra mim essa resposta foi satisfatória! Ele associou a escola a algo bom, pelo menos inicialmente. Ele está almoçando lá, e chega exausto (o que pra mim e outro bom sinal, de que ele está se exercitando e gastando bastante energia).

Por ser uma escola menor, de bairro, fiquei um pouco mais insegura, pois ele estava vindo de uma escola bem grande. Nessa semana ele ainda ficou sem uniforme (não tinha do tamanho dele quando fui comprar), o que só aumento as minhas preocupações malucas. Mas uma coisa aquietou meu coração: no primeiro dia de aula ele chegou cheio de lembrancinhas da escola, mensagens de início de ano... Tudo uma gracinha!

Agora já chegou a lista de material e a apostila, e já deu pra ver que ele vai fazer muita coisa linda! Eu adooooro trabalho de escola, e eles fazem muitos la na escolinha dele!

Mas não pensem que acabou:

O próximo desafio agora é deixá-lo uma vez por semana na parte da tarde. Vou tentar isso apenas na semana que vem, pois esse carnaval com certeza vai ter uma má influência na adaptação dele, né?


Queria saber de vocês também, gente! Como foi o primeiro dia de escola dos filhotinhos? Dá um aperto no coração, né? Mas temos que deixar tudo nas mãos de Deus, além de confiar naqueles a quem entregamos nossos amores! Tenho certeza que todos nós fizemos as melhores escolhas!

Me contem tudo, em?!

Um beijinho,



G.

terça-feira, 21 de abril de 2015