Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Espalhando esperança


Uma leitora nos procurou com um propósito especial: "estive pensando em escrever sobre isso pois, devido à pandemia, os tratamentos foram cancelados e tenho visto tantos comentários tristes em relação ao sonho da maternidade, que gostaria mesmo de contribuir pra que essas pessoas se sentissem acolhidas."

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Aromaterapia e Dança Materna: grandes aliadas no puerpério!

O puerpério, também conhecido como resguardo ou quarentena, diz respeito a fase pós parto em que a mulher vive modificações físicas e psicológicas No entanto, a situação desse período delicado da maternidade se agrava bastante no cenário de pandemia. A sensação de solidão, muito comum neste momento, deixou de ser um conflito interno e passou a ser físico na quarentena. A rede de apoio presencial já não é mais a mesma, o que está impactando significativamente na experiência das mulheres.

Todos estamos vivendo em meio a muitas dúvidas e questionamentos. Porém, as mamães com bebês em casa, principalmente as de primeira viagem, têm esses sentimentos potencializados devido às incertezas comuns que cercam o universo da maternidade, mudanças hormonais deste período e alterações na rotina também. Com emoções à flor da pele, além dos cuidados com o bebê, é importante e muito necessário o autocuidado. Como é viver tudo isso quando o mundo está passando por uma pandemia? 

puerperio aromaterapia
Para mais informações acesse o Instagram: @calima.souessencial

Trouxe algumas informações sobre duas aliadas que podem contribuir muito para a saúde física e emocional da mãe, do bebê e de toda família: a Aromaterapia e a Dança Materna. 

A aromaterapia é uma das formas naturais que a mãe tem para abrandar os sintomas mais comuns deste período, como a ansiedade, o medo, o estresse, a irritabilidade, a insônia, a dor e a depressão. Os óleos essenciais são produtos extraídos de diversas partes das plantas por diferentes métodos de extração.Possuem uma composição química própria e suas propriedades terapêuticas atuam através do sistema olfativo (inalação, estimulando o sistema nervoso central) e por uso tópico (penetrando pela pele e alcançando a corrente sanguínea). Para que os óleos tragam benefícios é necessária sua utilização de forma correta e segura, seguindo orientações de Aromaterapeutas e se atendendo para algumas precauções: o óleo deve ser PURO e de boa procedência, e quando aplicado na pele, deve ser diluído adequadamente de acordo com a indicação.

aromaterapia pos parto
Para mais informações acesse o Instagram: @calima.souessencial
As principais formas de uso são variadas, como massagem, banho, inalação, compressas, escalda-pés, difusão no ambiente, de acordo com o objetivo e desconforto sentido. Podendo ser utilizado, ainda, em associação com a Dança Materna, que propicia momentos de cumplicidade muito preciosos na construção de um vínculo sadio e contribui para a saúde e o equilíbrio espiritual, emocional e físico da mãe e do bebê. Além de propiciar a vivência especial de dançar em dupla (ou em trio, já que o pai é sempre bem vindo), possibilita à mulher a otimização da redução do peso, reeducação corporal (que refletirá positivamente no modo de carregar e amamentar o bebê) e incentiva o mútuo-conhecimento entre mãe e filho. Para o bebê traz o conforto do balanço na dança, proximidade com a mãe e relaxamento. As mães têm relatado redução na incidência de cólicas e melhora no sono dos bebês. A Dança Materna é realizada usando algum tipo de carregador (sling, wrap, etc), com bebês de colo até engatinhantes.

pos parto puerperio
Professora Elisa França - Dança Materna @movimento_com_amor

Durante a pandemia, as aulas estão acontecendo online, trazendo amor em movimento para dentro de casa! As professoras da Dança Materna, em rede nacional e na Argentina, estão preparando muitas aulas lindas! Aqui em Belo Horizonte, temos a professora Elisa França do @movimento_com_amor , que está acolhendo e instruindo as mamães neste período tão desafiante!

Dança Materna - @movimento_com_amor

Deixarei aqui algumas dicas de óleos essenciais e receitinhas que são indicados para esse momento. Lembrando que o acompanhamento de um profissional qualificado é muito importante para a utilização segura e eficaz! Alguns óleos essenciais são contraindicados no pós-parto. Minhas irmãs e eu, do @calima.souessencial estamos à disposição para orientação e indicação dos melhores óleos para vocês!

  • Lavanda - calmante, relaxante, ajuda a promover alívio de dores e cuidados com a pele
  • Tangerina - óleo da coragem e da alegria, purificante e revigorante
  • Grapefruit - energizante e revigorante, indicado para compulsão alimentar
  • Limão siciliano - óleo do otimismo e da purificação, promove uma atmosfera positiva
  • Laranja-Lima (também conhecido como Laranja-doce) -  suporte para ansiedade, autoconfiança
  • Bergamota - suporte para depressão, ansiedade e síndrome do pânico
  • Olíbano - propriedades relaxantes e embelezadoras
  • Erva-doce - calmante e revigorante, auxilia na digestão e estimula produção de leite
  • Sálvia-esclareia - atua nas mudanças hormonais, promovendo equilíbrio e bem estar

aromaterapia pos parto
Para mais informações acesse o Instagram: @calima.souessencial

SINERGIAS 

Depressão por parto:
Sálvia esclareia e lavanda 
Difundir no ar (3 gotas de cada no difusor) ou inalar diretamente do vidro ou aplicar topicamente algumas gotas nas têmporas e na nuca de 2 a 3 vezes por dia.

Insônia 
3 gotas de lavanda
3 gotas de tangerina ou laranja Lima
3 gotas de sálvia esclareia 
30ml de óleo vegetal puro fracionado- amêndoas, girassol, semente de uva
Massagear  com a sinergia a região dos ombros, braços, nuca e tórax antes de deitar! 
Ao invés de misturar no óleo vegetal e usar topicamente, também pode usar só os óleos essenciais no difusor de.ambiente na mesma proporção. 
Mistura de aroma floral, cítrico e levemente adocicado. Relaxante e facilitadora do sono.


Estresse no ambiente
Spray de ambiente 
100 ml de água destilada
10ml de álcool de cereais
8 gotas de tangerina ou laranja ou bergamota
6 Gotas de lavanda
4 gotas de erva doce
Misture tudo no frasco de vidro âmbar com borrifador. Sempre agite antes de borrifar no ambiente.
No difusor use 3 gotas de cada óleo

Spray proteção 
100 ml de água destilada
10 ml de álcool de cereais
10 gotas de olíbano 
20 de tangerina
Misture tudo no frasco de vidro âmbar com borrifador. Sempre agite antes de borrifar no ambiente.
No difusor use 3 gotas de cada óleo

Óleo pós banho antidepressivo
100 ml de óleo vegetal de amêndoas doce
12 gotas de óleo essencial de bergamota
20 gotas de óleo essencial de lavanda
4 gotas de óleo essencial de olíbano
Coloque os ingredientes em um frasco de vidro âmbar com etiqueta de identificação. Massageie o corpo molhado após o banho. Não expor ao sol após o uso,

salvia esclareia pos parto
Para mais informações acesse o Instagram: @calima.souessencial

NO DIFUSOR DE AMBIENTE

Melhora da ansiedade
2 gotas de bergamota
2 gotas de salvia esclareia
1 gota de olibano  ou

      
3 gotas de lavanda
2 gotas de bergamota ou

3 gota de lavanda
2 gotas de tangerina
1 gota de olíbano

Melhora da autoconfiança
3 gotas laranja doce
4 gotas de bergamota ou

3 gotas de grapefruit
2 gotas de limão siciliano

pos parto puerperio aromaterapia
Para mais informações acesse o Instagram: @calima.souessencial

Os óleos essenciais também são indicados para vários cuidados com o bebê. A utilização correta deve ser orientada e acompanhada, para que seja eficaz e segura! 

"A delicadeza é perceber que o bebê precisa de cuidados, claro. Mas é a mãe que precisa de muita atenção, depois de tanta emoção. E não só atenção, é mais, muito mais. É carinho, abraço apertado, um olhar com cuidado." - Mãe Fora da Caixa

Um abraço perfumado!






quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Você é o seu padrão


Eu nunca tive um corpo “padrão”. Mas, afinal, o que é padrão? Na nossa sociedade, o padrão valorizado é o corpo magérrimo, cintura fina, seios fartos e empinados (o que é isso mesmo depois da amamentação? Rsrs), pernão bundão...enfim, muitas exigências para um corpo só, né não?



quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Autocuidado




Autocuidado: Ou seja, buscar as necessidades que o seu corpo e a sua mente exigem de você! 
Faz tempo que a minha mente e o meu corpo pedem por mudanças na minha rotina. Eu só no sabia como e nem exatamente quais...

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Ressignificando uma perda gestacional após 7 anos!

Há 7 anos eu perdi meu segundo bebê. Era janeiro de 2012 quando descobri que estava grávida. Minha filha mais velha, a Mariana, estava quase completando 5 anos e ficou muito feliz com a notícia. Após 6 semanas, veio o sangramento. Depois de idas e vindas a médicos e hospitais, HCG não compatível com aborto e muita preocupação, descobrimos a gravidez ectópica. O bebê estava se desenvolvendo fora do útero, em minha trompa direita. Precisei fazer uma cirurgia de emergência para interromper a gestação, porque a trompa poderia romper a qualquer momento e gerar uma grave hemorragia interna. 

gravidez ectópica, constelação familiar

Após a cirurgia eu acordei com a sensação de um vazio enorme. Além de ter perdido o bebê, recebi a notícia de que foi preciso retirar a trompa e as possibilidades de engravidar novamente diminuiriam em 50%, e eu teria 20% de chances de uma nova gravidez ectópica. Em um momento como aquele, receber essa notícia sobre o meu futuro foi assustador. Toda essa situação desencadeou uma forte depressão e síndrome do pânico. Após 1 ano de tratamento eu me curei, fiquei livre dos medicamentos e no ano seguinte eu engravidei novamente.
A gestação e o nascimento da Helena foram momentos de grande superação. Ela nos trouxe uma imensa alegria, inundou minha vida com sua luz, mas ainda existia um vazio em mim que eu não conseguia preencher.

perda gestacional, constelação familiar
Imagem: obra do artista tcheco Martin Hudáček  - “Memorial a Criança Não Nascida”.

Durante um tempo eu consegui conviver com esse sentimento. De certa forma, eu o ignorei. Foi quando em 2018 eu iniciei uma jornada de autoconhecimento. Fui presenteada com o curso de Reiki, comecei a praticar Yoga e meditação, me aproximei ainda mais da minha religião (sou Espírita), voltei a estudar e iniciei minha especialização em Acupuntura. Nesse processo, aquele sentimento adormecido começou a incomodar. Eu senti que precisava ressignificar aquela perda. E um dia, rolando o feed do Instagram, vi uma postagem do Andrei Moreira (médico, homeopata, que também trabalha com Constelação Familiar) sobre os "filhos que não seguiram vivendo":

"Os filhos que não seguiram vivendo (abortados espontâneos ou não, natimortos, falecidos) são tão filhos quanto aqueles que seguem vivos. Eles também pertencem e não podem ser excluídos. Quando o são - o que acontece pela dor da perda - trata-se de uma dupla morte: não tiveram direito à vida e não lhes é dado o direito de pertencer à família. Isto fere o pertencimento, lei sistêmica natural, fazendo com que os excluídos sejam reinseridos no sistema familiar através de uma representação ou sintoma. No coração, os pais e irmãos se conectam a estes filhos e irmãos de uma forma especial, com um amor profundo e sempre presente, frequentemente ignorado e que sustenta movimentos em direção à morte (ou ao menos), para junto deles, por amor cego. Olhar para este amor - e sobretudo para o amor dos filhos que não viveram pelos pais e irmãos, o que é possível se fazer sozinho ou em um workshop vivencial de constelação familiar, por exemplo - respeitando-lhes o destino e dando-lhes um lugar de amor no coração, pode promover uma forte conexão com a vida e com a alegria de viver. Sempre sugiro às mães - ou aos pais - sentir se era um menino ou menina e colocar algo em si que o(a) lembre, como um anel ou um pingente. Isso ajuda a reforçar a inclusão e o lugar de amor no coração, bem como o movimento de vida."

perda gestacional, gravidez ectopica


Essa postagem me tocou profundamente. E eu busquei me conectar a esse sentimento. 
Através de orações, lembranças, intuições, meditações, eu senti que era um menino (na época já tinha sido revelado pra mim também) e realmente nos conectamos. E então eu sonhei. E no sonho eu conheci o seu nome: Francisco! E agora, o meu bebê tem nome e está representado neste berloque. Do meu coração, ele nunca saiu!

Constelação familiar, berloques, gravidez ectopica

gravidez ectopica, perda gestacional

terça-feira, 30 de julho de 2019

Você sabe o que é prática de saúde integrativa e complementar?

As PICS (práticas integrativas e complementares em saúde) compreendem terapias como acupuntura, aromaterapia, terapia floral, Yoga. O Sistema Único de Saúde, o SUS, conta hoje com 29 dessas práticas que complementam a medicina tradicional. A maioria delas são milenares ou se baseiam em conhecimentos, tradições e culturas ancestrais. Venceram o tempo, sendo transmitidas de geração em geração, foram de certa forma esquecidas, principalmente no ocidente e hoje voltaram com tudo! A procura por elas vem aumentando consideravelmente, assim como os estudos e pesquisas nesta área, que nos dão ainda mais segurança e embasamento para praticar e buscar essas terapias.

acupuntura, reiki, aromaterapia, terapia floral, yoga, florais

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o conceito de saúde não é apenas ausência de doença, e sim o bem-estar físico, mental e social. A medicina ocidental tradicional, que prevalece na nossa cultura, avançou bastante, utiliza inúmeras tecnologias, é essencial no tratamento das doenças, porém sozinha não consegue gerar a saúde integral. Além dos outros profissionais de saúde que atuam nos diversos tratamentos, as PICS, que antes eram chamadas de terapias alternativas, não competem com a medicina tradicional. Como o próprio nome diz, elas complementam e integram, com objetivo de cuidar do ser humano de forma holística.
A palavra holismo é de origem grega, significa "todo", "inteiro", "totalidade". Portanto, as PICS, como terapias holísticas, cuidam do ser humano lembrando que todas as partes do ser estão integradas (física, mental, emocional, espiritual).

medicina integrativa, pics, holismo, holística, terapia

O meu encantamento por essas práticas surgiu em um momento muito desafiante na minha vida. Eu tive uma gravidez ectópica (onde o embrião é fecundado fora do útero, no meu caso na trompa) e após, desenvolvi depressão e síndrome do pânico. Depois de passar por 3 psiquiatras diferentes, o quarto médico me surpreendeu ao me apresentar e indicar as práticas integrativas para o meu tratamento. Além dos remédios alopáticos que utilizava (Rivotril, Alprazolam e Citalopram) e da terapia com Psicólogo, comecei a me tratar com Acupuntura, Reiki, Cromoterapia, Florais e Homeopatia. Aos poucos, as dosagens dos medicamentos foram diminuindo até que depois de 1 ano, não precisei de mais nenhum. Estou livre deles desde 2013. De lá até aqui, continuei buscando as práticas integrativas tanto para mim, quanto para minha família, e sou prova de como elas facilitam e colaboram muito para o nossa saúde integral! Geram um bem estar completo!

acupuntura, yoga, reiki, cromoterapia, terapia floral, aromaterapia


Percebo um crescimento considerável da procura por terapias integrativas e complementares. Não é modinha, como já escutei algumas pessoas falarem. 
Vivemos de forma muito agitada, cheios de compromissos, atribulações, problemas e, geralmente, buscamos melhorar os sintomas dos desconfortos e doenças que vão surgindo, acumulando medicamentos. Precisamos nos conhecer melhor, descobrir  e reconhecer nossas sombras e nossas fraquezas, mudar hábitos nocivos, buscar uma alimentação de qualidade, praticar exercícios e as terapias integrativas auxiliam bastante neste processo de autoconhecimento, descobertas, administração do tempo, organização interna e externa, planejamento, disciplina, metas, sonhos! Isso porque elas nos cuidam em todos os aspectos, nos dão suporte e nos fortalecem para os desafios da vida.
O objetivo é a permanência do bem estar! Investir em prevenção e promoção da saúde e não apenas tratar sintomas e doenças.  
Hoje sou praticante de Yoga e meditação, estou cursando pós-gradação em Acupuntura, fiz o curso de Reiki I, estou me inciando como Aromaterapeuta e pretendo divulgar e promover esse movimento que oferta outros jeitos de praticar o cuidado e o autocuidado, considerando o bem estar físico, mental e social como fatores determinantes e condicionantes da SAÚDE!

pics, integrativas, complementares, saúde

Infelizmente algumas pessoas ainda consideram essas terapias como charlatanismo e negligência (infelizmente, existem profissionais assim em todos as áreas). É importante procurar um profissional qualificado e certificado, que lhe transmita segurança e confiança. 
Espero que o preconceito e discriminação que ainda existem sobre elas, sejam aos poucos substituídos pela compreensão das importantes contribuições para a saúde, que elas oferecem. 

Fico muito feliz pela crescente implantação das práticas pelo SUS, que permite o acesso de muitas pessoas às PICS! Segue uma lista das 29 que já foram incluídas:

pics, saúde, sus


Você gostaria de saber sobre alguma prática integrativa com mais detalhes? Conta pra gente!
Pretendo trazer nos próximos posts muitas informações sobre elas e os diversos benefícios!
Abraços!


sexta-feira, 28 de junho de 2019

Hipoplasia e hipocalcificação de esmalte dentário


Nina faz acompanhamento odontológico preventivo regular, na Mr. Clean Odontologia e Saúde, e durante a jornada do nascimento dos dentes de leite foi diagnosticado que ela tem hipoplasia. Fazemos o acompanhamento desde a identificação e recentemente precisamos fazer uma selagem para proteção dos dentinhos. Conversando sobre este assunto em grupos maternos vi que nem sempre o diagnóstico desse acometimento é feito em tempo adequado, bem como, algumas pessoas nunca ouviram falar a respeito.

Sendo assim convidei a Odontopediatra, Dra. Mariana de Oliveira Castro, da clínica Mr. Clean Odontologia e Saúde, para escrever sobre o assunto para nossas leitoras do Mamãe Sortuda. E aproveito a oportunidade para reforçar a necessidade do cuidado odontológico familiar! Cuidar dos dentes é uma ação de saúde que deve ser inserida desde sempre na programação de saúde familiar!




quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Contribuição do esporte na socialização de crianças da era digital.

Estamos na era das redes sociais virtuais, que conectam diversas pessoas, situadas em qualquer parte do mundo, com o compartilhamento de vivências, ideias, percepções e sentimentos com facilidade e rapidez. Ao mesmo tempo que isso facilita a comunicação e a interação, percebemos uma certa fragilidade nos vínculos humanos. Muitas pessoas passam mais tempo na internet do que se comunicando pessoalmente com outras pessoas. Esse comportamento já está presente nas nossas crianças e adolescentes, gerando problemas de relacionamento, comunicação e administração do tempo.
Observamos pessoas em locais de diversão, como bares, restaurantes, praias, clubes, que preferem ficar manuseando os dispositivos móveis ao invés de conversarem entre si. As crianças e jovens, além de expectadores dessas situações, começam a copiar esse comportamento, o que gera desconforto nos pais (que muitas vezes fazem o mesmo).
Essa falta de interação pessoal, contato físico, olho no olho, expressões corporais, comunicação, gera problemas na formação de nossas crianças e adolescentes.

corrida, esporte, criança

Já conhecemos inúmeros benefícios que o esporte nos oferece. Principalmente com relação à nossa saúde física e mental. E na atividade física, encontramos uma excelente ferramenta para socialização das nossos filhos!
Diante de tantos recursos tecnológicos utilizados pelos nossos filhos, o esporte é uma grande alternativa para tirar os pequenos da frente das telas.
Existem diversos estudos que comprovam que crianças e adolescentes que se dedicam a alguma atividade física:
  • Superam a timidez, 
  • Reduzem os sintomas de estresse e ansiedade, 
  • Aumentam a confiança em si mesmo e a autoestima, 
  • Tornam-se mais sensíveis com o mundo de maneira positiva, 
  • Ficam menos propensas a ter emoções negativas como a raiva, solidão e medo, 
  • Desenvolvem disciplina, responsabilidade, cuidado com a alimentação e com o corpo, 
  • Desenvolvem melhor consciência corporal, 
  • Tem menos tendência a vícios como álcool, tabaco e drogas ilícitas, 
  • Aumentam o círculo de amizades e relações pessoais


esporte

Existem diversas modalidades esportivas, projetos sociais e escolas de esportes disponíveis. De acordo com pesquisas, há um número crescente de crianças com baixos níveis de atividade física. O estudo revela aos pais que a melhor maneira de fazer com que os filhos sejam mais ativos, é encontrar algo que seja ao mesmo tempo prazeroso e divertido.

volta na pampulha

Podemos ainda, incentivar e praticar junto com nossos filhos, atividades em praças, parques e outros espaços públicos, como caminhada, corrida, bicicleta, patins...
O simples ato de brincar lá fora, tão comum na nossa infância e tão raro nos dias de hoje, fazem uma grande diferença na saúde e qualidade de vida de toda a família!


Dentro das metas traçadas no início do ano está a prática de atividade física? Que tal estender essa meta para toda a família? Se ainda não começaram, sempre é tempo!!!
Abraços fraternos!




terça-feira, 25 de setembro de 2018

Pilates na Gestação!

É muito comum recebermos em nosso estúdio, gestantes que foram orientadas a praticar Pilates pelos médicos que as acompanham.
Você sabe porque este método é tão recomendado por especialistas?

Pilates na gestação
Fonte: Blog Pilates

terça-feira, 31 de julho de 2018

Dieta nossa de cada dia...


Sabe esses desafios do Instagram? Pois é, fiz um deles, que eram 30 dias sem carboidrato. Adorei o resultado e fiz mais 30 dias. Depois voltei à minha vida normal e o que aconteceu? Engordei outra vez!
Na realidade, não voltei à vida normal, pois esse desafio me ajudou a aprender a me alimentar corretamente. Mas, porque engordei?

Resultado após 30 dias

Resultado pós 60 dias de dieta

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Perda gestacional: tratamentos e autoconhecimento


Mais do que passar por uma experiência difícil, tirar pontos positivos de cada vivência é possível e imprescindível! Hoje após 6 meses da minha perda gestacional vejo o quanto mudei de lá para cá, o quanto me fortaleci, o quanto me conheci e o quanto isso contribuiu em vários pilares da minha vida. No princípio de tudo não conseguia me imaginar em tal momento, era tudo escuro e triste, mas sim, hoje me sinto bem, muito bem, e com outra visão da vida! 


segunda-feira, 25 de junho de 2018

Perda Gestacional: Rede de apoio


Assim que contei da minha perda gestacional para a família e também em minhas redes sociais apareceram muitas pessoas, MUITAS, que haviam passado por essa situação. Fiquei impressionada com tantos relatos de pessoas que já viveram perdas e com a rede de apoio que se formou ao meu redor. Sou muitíssimo grata a cada mensagem que recebi, a cada visita, a cada abraço, a cada presente fofo, a cada oração, a cada TUDO que possam ter oferecido de coração para que eu me sentisse melhor. Com certeza isso fez muita diferença para mim. Por mais que eu tenha buscado internamente forças para me recuperar, a minha rede de pessoas queridas me deixou muito bem amparada.

Abriu-se uma cortina em minha vida: muitas famílias perdem seus bebezinhos. A partir deste dia apareceram muitas mulheres que já haviam vivido o aborto e que vieram me procurar para conversar e contar um pouco das suas histórias e tentar me ajudar com as experiências vividas. Percebi que muitas delas viveram o aborto de forma silenciosa, sem amigos e familiares saberem. Algumas eram tão próximas e eu não imaginava as histórias que já haviam passado. Por isso resolvi escrever muitas coisas sobre o que vivi pois estes textos podem ajudar a quem passou, de maneira silenciosa ou não, por esta situação, e também, me ajudam pois escrever me faz um bem daqueles e posso fazer parte da rede de apoio de pessoas que talvez eu nem vá conhecer! O primeiro texto foi sobre como descobri que havia perdido o bebê e a mudança que isso causou em minha vida.


terça-feira, 29 de maio de 2018

Perda gestacional: o princípio de uma nova fase de vida

Difícil até iniciar esse texto, mas quero muito escrever para vocês sobre o acontecido. Levei algum tempo para assimilar tudo o que passou e ter forças para escrever. No final de 2017, após muitas tentativas, veio a notícia de que estávamos grávidos. Nos preparamos muito para receber esse filho, bem como a Nina, minha filha. Mudamos de apartamento para poder caber mais pessoinhas lindas com tranquilidade (antes mesmo de engravidar), programamos o nosso ano de 2018, escolhemos um nome de menina e um de menino, sonhamos, planejamos e amamos estar grávidos novamente! Em minha intuição era um menino, e se chamaria Saulo (significado: aquele que foi muito desejado, que foi pedido insistentemente, aquele que foi conseguido através de orações).

Ultrassonografia, primeiro trimestre, translucência nucal, TN, Nasceu uma Mãe, gravidez, sexo do bebê, é menino, é menina, Mamãe Gatona, síndrome de down, doença cardíacas

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Enxaqueca na gravidez: soluções que não usam medicamentos tradicionais

Eu sofri com enxaquecas durante um período da gravidez! Pelo menos uma vez por semana a dor chegava, forte, constante, as vezes intolerável, pesando a cabeça, causando ânsia de vômito e dando uma vontade enorme de sumir!

Eu não queria tomar tylenol toda vez que sentia dor! A gente escuta tanto dos seus malefícios para o fígado que sempre evitei, e por outro lado é o remédio que todos os médicos indicam para grávida incontestavelmente para alívio de dores. Assim, fui tentar algumas medidas alternativas que sou super adepta! Amo um trem diferente natureba que faz bem pra saúde! Quem me ajudou bastante nessa busca foram as meninas do Se.ametista! Fui do maior consumo de água ao Thetaheling e trouxe um pouquinho do que fiz para vocês que funcionou demais!

Enxaquecas na gravidez: soluções que não usam medicamento tradicional.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Aparelho Ortodôntico Estético: utilização, manutenção, tempo de uso etc.


Sempre amei o meu sorrisão, mas por muitos anos deixei de cuidar dele, da forma como merecia e precisava, por medo de dentista. Tive uma experiência ruim há alguns anos, na qual precisei mexer em um dente, a anestesia não pegou, senti muita dor, e a dentista ignorou completante isso. Foi sofrido. Isso fez com que eu ficasse anos e anos sem ir ao dentista, mesmo sabendo da importância do cuidar. Fato é que cada vez que precisei nessa vida fui em um dentista diferente, em um consultório diferente.


Foto: Anna Belova

terça-feira, 1 de maio de 2018

Mãe Zen: Sorteio de Dia das Mães

Maio! Mês das mães! E o que mais vemos por aí nesta época do ano? Comerciais incentivando os presentes para as mamães, mas já notou que a maior parte diz respeito ao ambiente doméstico? 

Toda mãe precisa de um tempo seu, de cuidado consigo mesma, de amor próprio, de valorização. As mães estão sempre cansadas. Percebe isso? Estão esgotadas em seus mil turnos de trabalho, em suas mil tarefas. 

As mães precisam ser valorizadas, precisam ser zeladas em toda a sua integridade. Precisam, como todo mundo, de bem estar físico, mental, social, espiritual... Precisam de paz! 

Quer transformar o mundo? Faça algo diferente pela sua mãe. Ouça o que ela tem a dizer, pergunte sobre seus gostos pessoais, sobre o que ela tem vontade de fazer, de conhecer, de experimentar. Nós também faremos algo diferente por uma mãe! Queremos presentear uma mamãe nesse dia das mães com uns mimos especiais. 

Mãe, é hora de você relaxar! De ter um tempo para cuidar da própria saúde e de se sentir ainda mais bonita e especial.


sexta-feira, 13 de abril de 2018

6 dicas para ensinar as crianças a escovarem os dentes



Se você é um cuidador que sempre se pergunta se há algum segredo, milagre ou maneira de conseguir convencer a criança a escovar e cuidar da saúde bucal, acalme-se! No post de hoje eu te contarei 6 dicas para esse momento acontecer. Acompanhe!

Foto: Dione Lopes 

Torne o momento divertido

É importante que você mostre que cuidar dos dentes e da saúde bucal é super simples, além de divertido. A hora da escovação precisa ser algo leve, tranquilo e legal de ser feita.
Vale a pena investir em escovas de dente coloridas, de preferência com desenho de personagens que gostam, cremes dentais saborizados. Músicas e livros infantis sobre o assunto também são sempre bem-vindos.

Explique o porquê da higienização

Os pequenos precisam entender que é necessário higienizar e cuidar da boca. Afinal, sorrisos brancos e limpinhos, gosto bom na boca, hálito refrescante, prevenção de cáries, saúde da boca e do corpo, quem não quer tê-los, não é mesmo?

Exemplo é tudo

Se a criança vê que os mais velhos possuem o hábito saudável de cuidar dos dentes, ela vai seguir o mesmo comportamento. É o famoso espelho/reflexo.
Como formação do indivíduo, os pequenos imitam o que os pais fazem, e escovar os dentes com eles é até um momento gostoso de se viver. Não se esqueça do elogio!

Fale das consequências, mas sem exagero

Criar medos nas crianças não é o caminho. “O dentista vai te dar injeção”... “é o monstro da cárie”... Esqueçam tudo isso! Não é adequado usar essas falas. Comunicar assim acaba gerando traumas que podem atrapalhar a criação do hábito, inclusive às visitas ao dentista.

Participe da rotina

Além da rotina de cuidados bucais, acompanhe a criança em todas as idas ao dentista, pois ela se sente mais tranquila com você por perto. Comporte-se com naturalidade e busque profissional que atue com odontologia infantil mas com foco em atendimento da família.
Lembre-se que a doença cárie é transmissível e os cuidadores precisam receber orientações sobre este assunto. Aproveite e tire dúvidas com o profissional.

Hábito bom se começa desde cedo

É muito importante desde cedo ter o hábito para que possam mantê-lo pelo resto da vida.

 primeiros dentinhos, mr clean odontologia e saúde, kenia monteiro


Kenia Monteiro
CROMG18498
Gestora e responsável técnica



Conteúdo produzido em parceria com a Mr.Clean Odontologia e Saúde.


_

terça-feira, 20 de março de 2018

Saúde bucal na primeira infância


Independentemente da técnica de higienização utilizada, é importante que seja realizada sobre todos os lados dos dentes e gengivas. Hoje é dia de dicas de saúde com a Mr.Clean Odontologia e Saúde aqui no Mamãe Sortuda!

Método efetivo para remover a placa bacteriana é:
· uso do fio dental antes da escovação
· Limpeza da língua

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Entrevista - Cuidados com a dentição dos nossos filhos

Nina já tem sua dentista predileta! Fico sempre bem tranquila quando tenho que levá-la ao dentista. A Dra. Andrea Miranda, Odontopediatra, da Mr. Clean Odontologia é uma fofa, super divertida, delicada, lúdica, sorridente e com uma energia incrível! Não sei vocês mas por aqui quando quero escolher algum médico para mim ou Nina o fator pessoal é imprescindível! Gosto de pessoas do bem, pessoas que nos fazem sorrir, mesmo se houver alguma adversidade! Pessoas que estão disponíveis para nos atender com o coração, que respondem todas as nossas perguntas e que nos fazem sair do consultório sem medo de voltar, pelo contrário, com vontade de reencontrá-las!


Fiz uma entrevista super descontraída com ela sobre os cuidados com a dentição dos nossos filhos! Assista ao vídeo para se informar e se tiver alguma dúvida poste no vídeo ou nos comentários do texto!




Entrevista realizada com a Mr. Clean Odontologia que apoia os projetos da Mamãe Sortuda 
e contribui com conteúdos para o nosso site e eventos!