Mostrando postagens com marcador FAMÍLIA LACORTE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador FAMÍLIA LACORTE. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 5 de junho de 2018

Junho, Festa Junina e o Mingau de Milho Verde

Enfim chegou o mês de Junho e eu ativei o modo #FESTAJUNINA


Pra mim o mês que tem a MELHOR festa do mundo! 

Várias pessoas me marcaram em fotos, vídeos e vários Memes nas redes sociais sobre a festa junina, roupas, decoração, festinhas, barraquinhas e principalmente sobre as comidinhas!
Gente, festa junina é MELHOR que carnaval! Pra mim é e sempre será! Comecei a ver várias postagens nas redes sociais,

 
Em qualquer lugar que você vá, qualquer mesmo, até na padaria vai ter canjica, mingau de milho verde, doce de abóbora, pamonha, entre outros. Mas ai eu me peguei pensando, porque essas comidinhas deliciosas só aparecem nessa época do ano? Por quê não tem canjica em Setembro? Maçã do amor em Janeiro? Arroz doce em agosto? Pé de moleque em Abril? Não achei uma explicação lógica ainda (e nem to muita preocupada) do porquê essas comidinhas só aparecem nessa época.

Mas vou deixar aqui uma receitinha rápida de uma das comidas que mais amo na festa junina, para ser feita quando estiverem com vontade de comer. 

MINGAU DE MILHO VERDE

Ingredientes:

- 2 latas de milho verde
- 1 litro de leite integral
- 1 lata de leite condensado
- 1 xícara de chá de leite em pó
- Açúcar a gosto
- Uma pitada de sal

Modo de preparo:

Retire todo o líquido da lata do milho verde e lave bem em água corrente.
Bata o milho com o leite no liquidificador até virar um suco.  Passe esse suco por uma peneira, para tirar todo o líquido do bagaço do milho. 
Coloque o suco coado, novamente no liquidificador e acrescente o leite em pó (na receita da minha vó está 1 xícara, mas eu sempre coloco para mais).

Em um panela alta, acrescente o líquido de milho,  o leite condensado e ligue o fogo baixo. Depois de alguns minutos misturando, vai começar a engrossar. Nesse ponto experimente o açúcar e acrescente o tanto que desejar (coloco um xícara de chá). Por último, coloque a pitada de sal. Sem parar de mexer.

Deixe ferver por 5 minutos sempre misturando muito, se não vai dar uns carocinhos. Quando chegar em um ponto que você deseja, desligue o fogo e continue misturando até esfriar um pouco. 

Despeje ainda quente em outro recipiente e polvilhe com canela a gosto. 

Foto Pinterest
Foto retirada do Pinterest
Essa receitinha, quem sempre faz é minha avó. Com aquele gostinho de fogão à lenha, mas que também, devem ser feitas no fogão ai da sua casa! 
E quando fizer, pode me chamar que eu vou! 

Um beijo e boa festança "procês", 
Carol


terça-feira, 28 de junho de 2016

Aquela Menina-Moça-Mulher

Menina-Moça-Mulher, todas com M MAIÚSCULO! Em letras grandes só para ela saber o quão forte ela é! E essa música abaixo, eu dedico à você minha flor de formosura:



Ela é uma gata, tagarela, colorida, trabalhadeira e cheia de si, ela é conhecida como a pequena menina mulher que é caçadora de sorrisos. Ela é alegre, ajuda à todos, apaixonada pelos livros e pelas histórias de romance. Esbanja amor pelos olhos e pela boca, sorri sem parar. Não consegue ficar com a cara séria, e se tentar, ah se tentar, não dura um minuto com a seriedade, esbanja um lindo e largo sorriso, todo lindinho. Ela é um amor andante!
Então, vamos lá!! Ela é assim: essa mistura de doçura, coragem e ousadia. Teimosa nunca desiste da caminhada, do amor, dos sonhos, da felicidade. Carrega um sorriso no coração, dores na mala e flores na alma. Muitas flores!!!
Flores desta que me fizeram enxerga-la no ano de 2014. Quando ela era a moderadora da Bienal do Livro. Onde ela se emocionou ao apresentar a Borrachalioteca, um grupo de crianças e adultos que declamaram belas poesias. Ela falou, falou, falou e se emocionou. E me emocionou! E algo abrochou em mim, algo eu senti e resolvi procura-la nas redes sociais. 
Procurei por Sandra Bittencourt e foi ela a primeira pessoa quem me apareceu. E eu sorri, fiquei feliz e mandei uma solicitação de amizade. Pensando: "- Será que ela irá me aceitar? Serei uma completa desconhecida pra ela! Mas vou ficar na torcida." 
Um dia depois tenho um aviso na minha página que agora éramos amigas... virtuais, mas éramos. 


E eu queria descobrir mais dela. Queria saber o que ela fazia da vida, queria saber quem era aquela mulher de cabelo avermelhado que me fez chorar ao falar de algo que eu nem sabia que existia. E descobri. Descobri que ela fazia muitos trabalhos legais. Que tem um grupo chamado TRUPE MARIA FARINHA, que tinha um amigo chamado Babu, que tinha uma família grande e eu tive mais certeza de que aquele nosso encontro na Bienal era muito mais do que uma visita naquele espaço de contação de histórias. 
Até que surgiu uma ideia das meninas do blog, de um piquenique. Com direito a música, contação de histórias e muitas famílias reunidas. E pelo mês que estava por chegar, que era Outubro, nada mais certo de fazermos um Hallowen (Leia aqui). E eu queria porquê queria a Sandra em nosso evento. Falei com a Helo e a Line e entrei em contato com a Sandra. E não é que ela topou? E por coincidência bem pertinho da casa dela. E foi ai que firmei meus laços com a Sandra!






E a cada dia mais ela se mostra mais presente, mais prestativa, mais boa ouvinte, mais amiga, mais fofa e mais amorosa! Sabe aquele doce de batata doce que é mais doce que o doce de batata doce? Então, a resposta é Sandra Bittencourt!!!!!!!! 
Nós da família Lacorte temos um amor especial por você Sandroca. Deus sempre coloca pessoas legais em nosso caminho e com a gente não foi diferente. Ele fez com que cruzássemos nosso caminho naquele ano de 2014. Ele queria que eu te mostrasse que o amor tem jeito. Que o mundo pode ser bem mais colorido que o normal. Que a gente pode ser família do outro sem ter o mesmo sangue correndo nas veias. Ele quis nos mostrar, que eu tinha algo bom pra você e que você tinha algo bom pra mim. E não é que tem? Seus poemas me inspiraram! E eu quis e quero ter você em nossos momentos mais especiais. E olha o que eu achei em meu celular:


A nossa super Família Sortuda


Sandra, quero que saiba que você é muito especial na minha vida! E assim, você também trouxe o Babu para a nossa vida! Obrigada e obrigada! É dessa amizade que surgem os melhores conselhos, os melhores abraços, os melhores consolos e até as melhores broncas. É dessa amizade que aparecem aqueles sentimentos de carinho, amor e afeto por alguém tão diferente e ao mesmo tempo tão parecido com você! É através dessa amizade que Deus mostra o quanto Ele é bom, o quanto Ele te ama e se preocupa com você! É através de uma amizade assim que se ganha um irmão, alguém pra vida toda e pra todos os momentos! É a partir dessa amizade que você vê que amar e ser amado, cuidar e ser cuidado é realmente muito bonito. É através dessa amizade que Deus se faz presente! É assim que você aprende a dizer um dos ‘Eu te amo’ mais sinceros que pode haver no mundo! Sandra, seu coração é a poesia mais linda que eu já vi! 
E eu sei que a sua amizade foi um laço que eu dei na alma.

















E para finalizar, eu quero que o mundo te conheça! Quero que o mundo saiba desse amor que eu sinto por você! Que eu quero ver você feliz, sorridente, chorona, tagarela, colorida, linda e sempre, sempre deixando amor por onde passar! 
Sandra Franco Bittencourt, eu amo você! Obrigada por se fazer tão presente em momentos tão especiais para mim! E ainda me deve um tabule! hihihi
E eu te devo uma campanha né?  

E aguarde, vem post de casamento por aí!!! 

Bit te curto

Um beijo carinhoso e amoroso meu, das Mamães Sortudas e de toda a 
Família Lacorte <3





quinta-feira, 26 de maio de 2016

Os bebês dos meus amigos


Oi amigos. 

2016 foi o ano dos bebês. Vai ser ainda mais... Ainda está por vir meu sobrinho Enrico, meu primeiro afilhado Théo e os filhos das minhas amigas Ana Claudia, Rafaela, Lorena, <3 Porém, no primeiro semestre e para ser mais específica nos meses de Abril e Maio vieram ao mundo os bebês dos meus amigos. Chegaram os bebês dos meus "cumpadis". Chegou o Daniel do Gustavo, a Laura da Leyd e o Daniel do Gustavo. E não, eu não cometi erro ao escreve "Daniel do Gustavo" duas vezes. É que realmente os padrinhos dos meus filhos se chamam Gustavo e deram o nome de Daniel para seus filhos. 

Eu já imaginei, todos aqui em casa, em uma aniversário, ou um almoço, ou até mesmo um lanche da tarde, onde todas essas crianças vão estar juntas e ao chamar a atenção porque está escalando a parede e dizer ao pai assim: "alá Gu, o Daniel ta escalando a parede" e logo ser corrigida porque é o outro Daniel que ta fazendo arte! 

Ahhh isso vai ser uma festa só!

E quero apresentar à vocês esses bebês dos meus amigos que tanto amo. 

O primeiro a nascer foi o DANIEL, filho do Luis Gustavo, que é Padrinho da Laura, e casado com a Áurea. Ele nasceu dia 28/04/2016, pensando 2,920 kg e 46,5 cm. Gente eu fui visitá-lo e confesso que me bateu uma saudade dos meus filhos pequenos. Aquele cheirinho de neném, cheirinho de leite misturado com aquele cheirinho de fralda! Aquela calmaria que só ele consegue trazer quando esta dormindo ou quando está mamando! Gente, porque mesmo que filho cresce tão rápido? 

Olha ele aqui embaixo, se apaixonem assim como eu me apaixonei: