segunda-feira, 14 de maio de 2018

Tempo: vá mais devagar!



 "AS COISAS MUDAM NO DEVAGAR DEPRESSA DOS TEMPOS." Guimarães Rosa

 #maedeadolescente #filhoscrescem #família

Sim, ela está crescendo. Sinto que 365 dias estão passando na velocidade dos sonhos. Será que a física quântica explica realmente essa aceleração toda? Quase meio do ano e as crianças crescendo, esticando, ganhando o mundo... 24 horas, às vezes, parece tão  pouco... Por isso as pausas diárias têm sido cada vez mais necessárias. Correr tanto para chegar onde? Fico filosofando e os pensamentos voam! Até outro dia Maria tinha 2, 5, 10 anos e no final do mês minha menina fará 12 anos. Meus Deus!!!!!


Enquanto os filhos crescem,  temos a possibilidade de oferecer proximidade, afeto, aprendizagem  e confiança. Eles nascem e a ampulheta e  vai ditando o ritmo . "Ao vê-los crescendo, deveríamos sentir mais alegria e menos angústia ao sentir que suas infâncias já são, inclusive para eles, uma memória, um pretérito. Esta angústia nos diz algo, esta dor que sentimos é uma convocação para que estejamos mais ao lado deles, inclusive sendo nós aqueles que os chamam para contemplar lagartas de fogo. Para que, ao final, o coração flameje mais de amor vivido do que de uma triste nostalgia de um futuro que não chegará."https://lunetas.com.br/da-dor-de-ver-os-filhos-crescendo/

A franjinha na testa há muito tempo cedeu lugar à franja repicada. As bonecas tão companheiras vêm dando espaço aos diários, patins e conversas com as amigas. Aquela carinha linda de criança está se modificando a cada dia. O jargão: aproveita por que passa muito rápido é muito verdadeiro. Muito mesmo.
Bem, fazendo uma retrospectiva da vida da Maria e da minha, fico com os olhos marejados de lágrimas; quantas viagens, lugares, livros, sorrisos, brincadeiras, joelhos ralados, sabores, sentidos aprendidos... Confesso que estou saudosa, mas também tão orgulhosa da pessoa bacana que minha filha vem se transformando: cada vez mais decidida, solidária, amorosa, centrada.... E não é isso que buscamos: pessoas melhores neste  mundo?

Eu e Max iniciamos nossa construção de família às 12h e 12 minutos do dia 28 de Maio de 2006. Maria veio coroar de amor, alegrar a vida e adocicar a alma. Trouxe dúvidas, choros e certezas. Veio como um furação de emoções. Sua presença tornou-se DESEJADA, INSUBSTITUÍVEL, PLENA.

Quase 12 anos que estamos construímos, desconstruímos, reconstruímos como pais, homem e mulher, porque temos uma tarefa complexa: cuidar de vida em processo. Como temos aprendido e como é difícil essa tarefa de cuidar e educar, viu?

Um mundo tão lindo, vasto, diverso, misturado, merece seres mais responsáveis, altruístas, verdadeiros, flexíveis, cheios de amor e compaixão. Oscar Wilde disse que: "A melhor maneira de tornar as crianças boas é torná-las felizes." Creio que ele estava certo.

#maedeadolescente #filhoscrescem #família
Ultimamente tenho me olhado mais no espelho  e a mulher que me encara já possui rugas e fios de cabelos brancos. Confesso que é  difícil encará-la de volta, mas persisto. Tento  ficar  mais calma e serena, mais madura para encarar com sabedoria as fases que eu, marido e filha passamos e passaremos. Ela cresce e nós envelhecemos. É a lei da vida, afinal: só não envelhece quem morre jovem. A ampulheta está nas nossas mãos. Então, vamos curtir essa festa maravilhosa que é a vida. Temos muito, ainda, por viver, aproveitar e contribuir...que assim seja, é claro.rs    

E tempo... vá mais devagar: Maria tem um longo percurso pela frente e queremos ir passear pelo mundo de mãos dadas! 

"És um senhor tão bonito
Quanto a cara do meu filho
Tempo tempo tempo tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo tempo tempo tempo
Compositor de destinos
Tambor de todos os ritmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Tempo tempo tempo tempo
Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo tempo tempo tempo
És um dos deuses mais lindos
Tempo tempo tempo tempo..."


Carpe diem!
 Nos vemos pelo mundo!

#maedeadolescente #filhoscrescem #família





_

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada!
Volte sempre!