Mostrando postagens com marcador Mãe de dois. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mãe de dois. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Uma mãe jovem, e logo de dois!


Fui mãe jovem. Mas não só na idade, mas também de espírito e pensamento. Sempre gostei de criança, sempre tive a tal afinidade para essa modalidade de brincar, acalmar, acalentar, fazer travessuras, mas nunca me vi mãe aos 20 anos.

Quando me vi grávida pela primeira vez, da minha pequena Laura, meu Deus! Qual reviravolta minha vida daria? O que falaria para os meus pais? E para os meus avós? Nossa, uma mistura de insegurança, com alegria, com medo, com amor e muito desespero! A parte mais fácil, foi contar para o André que ele se tornara pai, no auge dos seus 21 anos, ali naquele instante que peguei o resultado positivo! 

A barriga cresceu, as vontades e desejos apareceram, os surtos, às vezes vinham acompanhando as minhas alegrias, ao pensar como seria a minha vida dali pra frente. Seria uma boa mãe? Saberia compreender cada remexida que ela dava na barriga? E qual seria a hora de ir ao hospital? E como seria ela em meus braços? Saberia reconhecer cada choro? Cada gemido? Cada retorcida? Nenhuma mãe vem com manual... o filho então(...) Você escuta conselho de mãe, de avó, de vizinha, de tia, de todo mundo, mas o que toda mãe de primeira viagem tem que saber, que assim que nasce um filho, nasce também uma mãe! A barriga cresceu, montei tudo que planejei e logo ela estava em meus braços. Bochechuda, cabeluda, tranquila, serena, e cheia de luz! Cresceu, amadureceu, me ensinou e aprendi o amor incondicional!

E logo, dia 23/09/2011 faltando dois dias para Laura completar 1 ano de vida, me pego grávida novamente. Só que dessa vez, um pouco tanto diferente. Estava grávida já com 6 (isso mesmo SEIS) meses de gravidez! E o meu susto foi maior! Até ali já sabia como era ser mãe, já havia passado todos os apertos da mãe de primeira viagem. Mas, não sabia como era ter dois bebes em casa! Dia 24/09/2011 descobri que o meu Pedro estava a caminho! O tão sonhado casal se formaria, mas não achava que seria tão rápido assim. Dia 25/09/2011 TODOS sabem que estou a espera de mais um filho, logo após os parabéns da Laura acompanhado do "com quem será que a Laura vai casar"; O pai, prontamente para a música e diz: "ELA NÃO IRÁ CASAR COM NINGUÉM, PORQUE O PEDRÃO TA VINDO AI" - meus olhos se encheram d'água - escutei assovios, aplausos e gritos de "VIVA LAURA E PEDRO". Que emoção!


A barriga cresceu, os planos mudaram, a casa mudou, meu amor cresceu, as responsabilidades mudaram e eu já estava com meus 22 anos, ainda jovem e #mamãededois. Chegamos em casa, com Pedro em meu colo e Laura no colo de André, sabe o que fizemos? CHORAMOS! Porque seria tudo de novo e tudo novo, agora com dois bebes. Aprendi muito, chorei muito, achei que não daria conta, amei demais e foi ai, que descobri toda força que uma mãe tem. Não me pergunte de onde tirei, só sei, que por eles, cada momento valeu a pena! Hoje tenho 26 anos e olho pra trás e vejo que cada passo que dei, que cada acontecimento serviu para o meu amadurecimento espiritual e pessoal. 

E viva todas as mamães, seja ela nova ou mais experiente! 
O importante é o amor e o ensinamento que temos para os nossos filhos!
#mamãesortuda #mamãededois 

PRATIQUEM #filhoterapia


Ana Carolina
contato@mamaesortuda.com