quarta-feira, 8 de junho de 2016

O Aniversário Econômico do Théo!

No último dia 28 eu botei a mão na massa e, com a ajuda da família inteira, fiz uma festinha de aniversário linda de viver e super econômica para o Théo. Foi um feriado inteiro fazendo tuuuudo (desde a decoração até a comida), mas foi muito gostoso e gratificante. Gostei tanto do resultado que vim compartilhar tudinho aqui com vocês. Nesses tempos difíceis é que a gente coloca a criatividade à prova e cria coisas simples e deslumbrantes. 

A festa foi para apenas 30 pessoas, bem íntima e, por consequência, econômica. Convidamos apenas tios e avós do Théo, além de alguns tios-avós e priminhos do coração. A festa foi na casa de uma tia querida e começou às 13h e foi até às 17h, e como almoço tivemos a maravilhosa feijoada do meu pai, vovô Arnaud, acompanhada de arroz branquinho, vinagrete ao azeite, farofa de linguiça bem molhadinha e laranja em rodelas.

O Tema e as Inspirações

Théo é alucinado por carrinhos em geral, por isso a ideia inicial era fazer uma festa de carros. Pensa daqui, pensa dali, nos lembramos de que ele adora kombis (desde o dia em que viu uma loja de meias lá no Boulevard Shooping). A mamãe aqui adorou a ideia vintage e bateu o martelo: a festa vai ser de Kombi! Foi difícil achar inspirações na internet, confesso, mas acabei pegando boas ideias e adptando-as para fazer o projeto de decoração. 



Adorei a paleta de cores desse lindo chá de bebê feito pela Poá - Festas e Craft e decidi me inspirar nessas cores para a mesa do bolo!


Para o backdrop, me inspirei nessa festa fusca lindíssima, feita pela Babolina Festas



Depois de pegar todas as inspirações que precisava, montei um moodboard com as coisas que eu já tinha em casa (e com as bandeirinhas que já tinha começado a fazer com papel de scrapbook) pra ter uma ideia de como a decoração ia ficar.

A Decoração

O papai artista botou a mão na massa para confeccionar uma kombi em papel color set para ser o nosso backdrop (que deu um trabalho danado, digno de engenheiro mesmo) e eu me encarreguei dos outros detalhes, que vou explicando foto a foto. Olha o resultado:






Olha ela aí: mesinha cheia de bossa! As bandeirolas eu fiz com papel color set e de scrapbook, que fui comprando aos poucos, à medida que achava um padrão que eu gostava. Se alguém quiser as bandeirolas, estou doando!






Os suportes para os docinhos foram vários: livros antigos, cestas de vime, vasinhos de cerâmica que comprei na Chik Chik Festas, suporte de metal que eu fiz com pratinho e copo que comprei numa loja de 1,99, caixinhas e bandejas de mdf que pintei. O suporte do bolo (lindíssimo, por sinal) é de laca branca, e eu comprei na Chiquita Festas.

 Todas as plantinhas foram compradas na deliciosa feira de flores em frente ao colégio Arnaldo (até encontrei a Helô por lá). Usei suculentas, pimentinhas, crisântemos verdes e folhas de eucalipto. No vasinho das suculentas eu enrolei barbante pra dar um charme!


Usei vidrinhos de leite de coco antigos para colocar suco de manga geladinho, e o toque especial ficou por conta dos canudinhos, também comprados na Chik Chik Festas,



Para dar um toque de iluminação, usei um pisca-pisca de luz amarela de 20m de comprimento que comprei numa lojinha de 1,99 na época do natal. A Kombi em miniatura eu comprei no Mercado Livre.

Os Docinhos e o Bolo

Deixa eu contar uma coisa: sou muito chata com doces. Não é qualquer docinho que me agrada e eu já estava cansada de encomendar docinhos e não ficar satisfeita. Pensando nisso e também na questão financeira, decidi fazer todos os doces sozinha. A única coisa que encomendei foi o maravilhoso bolo no pote, com a Renata da Degustare. As receitinhas dos doces eu passo nos próximos posts! Garanto que vão fazer muito sucesso (eu fiz cerca de 250 docinhos e nçao sobrou quase nada)! 

Todas as forminhas, copinhos e tapetinhos foram comprados na 1001 festas e numa distribuidora de balas perto de casa. As plaquinhas de doce eu fiz 
O cardápio foi:
  • Brigadeiro de colher (com várias coberturas para incrementar);
  • Beijinho de maracujá;
  • Tortinha de Limão no copinho;
  • Brigadeiro de paçoca.

    Brigadeiros de Copinho (feitos com chocolate ao leite de verdade)!

    Beijinho de maracujá (invenção maravilhosa inspirada na cocada baiana de maracujá)

    Tortinha de limão (feita com limão capeta): o maior sucesso da festa!

    Brigadeiro de paçoca: o doce preferido do Théo

    Bolo no pote da Renata da Degustare: nozes com brigadeiro, de comer rezando!


    Fiz um bolo fake para a mesa! Comprei um bolo de isopor na 1001 festas e cobri com chantili de verdade (aquele em pó da Yoki). As velinhas caíram, mas depois consertei =)

    Voltei à infância e comprei um balão gigante pra encher de balas. A criançada adorou (e eu também)!

    A Roupa do Aniversariante


    A blusinha do Théo eu comprei com o pessoal mais que fofo da Moricato. Chegou rapidinho pelo correio!

    No final da festa, a Kombi virou Photobooth!


    Foi um dia muito feliz, pessoal! Gastei pouco, fiz uma comemoração gostosa e tudo rendeu lindas fotos. Fiquei satisfeita!

    Quem tiver qualquer dúvida já sabe: é só comentar aqui embaixo ou enviar e-mail pra gente! Estou totalmente à disposição!!!

    Beijinhos,



    G.
    _

    Um comentário:

    Obrigada!
    Volte sempre!