segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Piqueniques e as novas regras da Pbh


Por aqui nós amamos fazer um piquenique! Seja para comemorar aniversários ou simplesmente para reunir com os amiguinhos no parque numa tarde de domingo. Muitas pessoas me falam que acham as festinhas do João super bacanas e diferentes. Algumas dessas pessoas nem sabiam que nos parques de Bh podem ser realizadas comemorações de aniversário. Esse tipo de festa tem se tornado cada vez mais frequente, o que é muito bom, pois motiva as famílias a apropriarem-se dos espaços públicos da cidade. Quantas vezes mamães amigas já me falaram que começaram a frequentar determinado parque porque conheceu o espaço através de algum aniversário do João, e é muito gratificante ouvir isso! E quando elas me perguntavam como eu conseguia fazer os piqueniques de aniversário no parque, eu sempre enchia a boca pra falar, toda orgulhosa da minha cidade: "É gratuito, gente! O parque é público, é nosso!".  Mas, essa realidade agora mudou...

Piqueniques e as novas regras da pbh
Piquenique de 2 anos do João no Parque Aggeo Pio Sobrinho


Desde julho deste ano, a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte lançou no Diário Oficial do Município - DOM - as novas regras para realização de eventos nos parques municipais. De acordo com o Decreto Nº 16.374, de 12 de julho de 2016 , festas agendadas com estrutura específica e demarcação de área para uso específico do público convidado devem ser autorizadas mediante pagamento de taxa preestabelecida (o texto completo você pode ler aqui). As taxas variam de acordo com o parque e a quantidade de pessoas, assim como mostra o quadro abaixo:

Dessa forma, se você quiser realizar a festinha do seu filho em algum parque deverá, antes, pagar a taxa que geralmente tem ficado em torno de R$150,00 para esse tipo de festinha. Mas o decreto também deixa uma brecha, quando diz que aniversários, piqueniques, casamentos ou outras comemorações podem ocorrer sem prévia autorização, desde que não haja montagem de qualquer tipo de estrutura ou equipamentos, nem demarcação da área para uso exclusivo do público convidado.

Bom, e aí, qual a sua opinião sobre essa cobrança? EU, particularmente, considero um absurdo e até mesmo contraditória esse tipo de cobrança, pois se o espaço público já é mantido pelos nossos impostos, qual o sentido de pagarmos em duplicidade pelo uso dele? E mais uma coisa, se a Pbh sempre quis incentivar a apropriação dos espaços de lazer da cidade, porque quando isso começa a acontecer de forma mais efetiva surge esse nova limitação? De acordo com a administração municipal, a medida se deve à necessidade de maior manutenção dos parques a partir do momento em que as comemorações nesses espaços tornaram-se mais frequentes. Mas...a manutenção já não era realizada antes com a mesma quantidade de funcionários e de materiais? Ou isso vai mudar também? Outra justificativa que para mim parece ser contraditória, é a de que se o espaço for reservado somente para  o público convidado, a cobrança se justifica porque é um uso privado de um espaço público. Mas, quem faz esse tipo de comemoração sempre está ciente de que não se pode restringir o espaço à visitação de outros, inclusive, essa é uma das orientações da Fundação de Parques quando se faz o agendamento, ou seja, a de que o espaço não deve ser restrito a nenhuma pessoa. Tanto é que nas comemorações as mamães sempre são orientadas a receber quaisquer outras crianças não proibindo a participação das mesmas nas festinhas.

Enfim, contradições e discordâncias à parte, continuo incentivando o uso dos parques da cidade pela população porque realmente acredito que é importante para as famílias belo-horizontinas os passeios nesses locais. Afinal, como dizem por aí,  Bh é uma roça grande e tem a maioria de suas famílias oriundas de cidades do interior. Então, nada melhor que uma área verde que nos lembre a tranquilidade da roça em meio a uma selva de pedra, não é mesmo?!! Não vamos deixar de passear nos parques, gente! A entrada continua sendo gratuita e o acesso livre a todos. Apenas para as festinhas haverá essa exigência de pagamento. Menos mal que o valor é bem inferior do que se você fosse pagar por um salão de festas. Mas que dá raiva, dá!

E já que só falei de coisa ruim até agora (rsrs), vamos falar de coisa boa? Para fechar a série de posts sobre piqueniques (os outros dois posts você pode ler aqui e aqui), vou deixar para vocês algumas fotinhas fofas de piqueniques que já fiz e outros que já participei para que vocês não desistam desse tipo de festinha. Festas ao ar livre são ótimas oportunidades para se reconectar com a natureza, desacelerar em família, brincar junto com os filhotes longe da correria do dia-a-dia, oferecer às crianças formas alternativas de brincar que não sejam com brinquedos prontos e industrializados, além de serem muito mais econômicas também. E então, vamos piqueniquear?!

Sobre as vantagens e delícias de se piqueniquear...

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Divertir-se e ficar à vontade!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Brincar em equipe!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Resgatar brincadeiras tradicionais como esconde-esconde...

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Explorar a natureza...

Piqueniques e as novas regras da Pbh
E até plantar uma árvore!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Ser balançado pelo papai...

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Brincar em família!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Encarar novos desafios e fazer usos diferentes dos espaços...

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Soltar a imaginação e fazer dos espaços de exercícios um avião, barco, caminhão...enfim, o que quiser!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Ter espaço para correr! - Davizinho fofo em seu piquenique de aniversário no Parque Jacques Cousteau

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Espaço, muito espaço!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Inventar brincadeiras diferentes com a mamãe - bolhas de sabão gigantes!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Resgatar brincadeiras simples e tradicionais - elas fazem o maior sucesso nos piqueniques.

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Assentar-se ao chão, ficar à vontade e papear com amigos!

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Ver e sentir a natureza de perto <3 

Piqueniques e as novas regras da Pbh
Oferecer às crianças formas alternativas de se divertir, como ouvir histórias e cantar! Nessa foto, as fofas das meninas do Ciranda de Roda no aniversário do meu sobrinho Heitor. As crianças amaram!
Piqueniques e as novas regras da Pbh
Ver esse brilho nos olhinhos de quem amou a história <3


Enfim, espero que tenha conseguido fazer vocês sentirem a delícia que é se reunir com pessoas queridas em comemorações simples, mas cheias de afeto! 

Até o próximo post e beijo no <3 


Talyta Andrade 
@joao_passeia
_

9 comentários:

  1. Ei Talyta, adorei a página! Apesar de não ter ficado nada satisfeita em saber que está sendo cobrado para as festinhas nos parques, a informação foi muito útil. Estou pensando em fazer um piquenique para a minha baixinha daqui uns anos e com certeza vou continuar acompanhando suas publicações. O João tá cada dia mais lindo em? Beijos. Sandra (da UEMG)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohh,Sandrinha! Que saudades! Que bom que vc gostou. Continue acompanhando a página, tem muita coisa bacana para sua pequena! Abraços carinhosos ❤

      Excluir
    2. Ohh,Sandrinha! Que saudades! Que bom que vc gostou. Continue acompanhando a página, tem muita coisa bacana para sua pequena! Abraços carinhosos ❤

      Excluir
  2. Achei sua iniciativa ótima e bem estruturada. Parabéns e sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Ai... Morro de amores por este tema!

    A última festinha do meu pequeno foi no Parque Jacques Cousteau em BH, na região do bairro Betânia.
    Ele recebeu a família e vários amiguinhos! Adultos e crianças amaram!

    Como estava completando seus dois aninhos, ele aproveitou horrores! Abraçou as árvores, encheu as mãozinhas de terra, forrou o chão, pintou, comeu comidinhas naturais... Faltam palavras para dizer o tamanho da satisfação!

    Como a festinha foi em setembro agora, já foi realizada nos moldes do novo decreto da PBH com o recolhimento de taxa. No caso do nosso parquinho Jacques Cousteau, a taxa foi justa e acessível. Gosto de pensar que embora os parques sejam públicos, a taxa será investida na melhoria destes espaços públicos que tanto amamos! E ainda que esta seja uma obrigação da prefeitura, prefiro encarar como uma doação para uma área tão verdinha, linda e que nos proporciona tanto bem estar.

    Para quem ainda tem alguma dúvida sobre o tema, com minha experiência aprendi lições valiosas:

    - Sempre colocar no convite instruções sobre a festinha, principalmente quanto à liberação ou não do parque escolhido para bichinhos de estimação e também quanto ao consumo de bebidas alcoólicas (proibido na maioria dos parques);

    - Sempre colocar no convite, o telefone dos responsáveis pela festa para que os convidados possam se comunicar (muitos parques tem cerca de 03 a 04 eventos por dia);

    - Reservar com antecedência o parque pretendido (por aqui, foram 04 meses de antecedência, pois a procura por eventos nos parques é maior a cada dia);

    - Ter um plano B para o caso de chuvas;

    - Ter um plano para os bichinhos do parque. Algumas áreas tem micos, quatis e outras espécies variadas. É importante lembrar que eles moram ali. Os visitantes somos nós. Por isso, fica a dica de perguntar aos responsáveis pelo parque sobre como proceder. No Jacques Cousteau, fomos orientados que poderíamos dar uma bananinha para os bichinhos. Picamos bem pequenina, fizemos uma caminha de cascas e colocamos um pouquinho afastado do nosso lanchinho. Foi sucesso!

    Para quem tiver curiosidade e quiser ver a festinha do meu pequeno, segue o link:

    http://daniaraujofotos.blogspot.com.br/2016/09/davi-faz-02.html

    Parabéns pelo post incrível e pelas fotos tão inspiradoras e adoráveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Dani! Também já fiz piquenique no Jacques e o local é realmente lindo e apropriado para esse tipo de comemoração. Obrigada pelas contribuições, ótimas dicas! Ah! Vi as fotos do Davi...que delíciaaa! Ele realmente "se jogou" em seu piquenique, hein?! Oh coisa boa! Abraços pra vcs <3

      Excluir
    2. Obrigada, Dani! Também já fiz piquenique no Jacques e o local é realmente lindo e apropriado para esse tipo de comemoração. Obrigada pelas contribuições, ótimas dicas! Ah! Vi as fotos do Davi...que delíciaaa! Ele realmente "se jogou" em seu piquenique, hein?! Oh coisa boa! Abraços pra vcs <3

      Excluir

Obrigada!
Volte sempre!