Mostrando postagens com marcador Força. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Força. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Carta para Rafael - Novo tratamento, terapia e escola

Bom dia amorzinho,  noite passada você teve febre pela primeira vez sem ser por efeito de vacina, a mamãe ficou bem preocupada, ainda bem que não continuou e não era nada demais, porque é muito chato ficar doente, né? 

A mamãe esqueceu de te contar que foi convidada para a pré estreia do filme Laços da Turma da Mônica e foi com a tia Lu. 
Essa estreia foi no mesmo dia que peguei o resultado da biópsia e fui para o hospital tentar conversar com o tio Enaldo. Como a gente não tinha comido quase nada o dia todo, na fila pra entrar no cinema a pressão da mamãe caiu e eu quase desmaiei, fiquei muito tonta e a tia Lu foi correndo buscar um sanduíche. Comi rapidinho, mas continuei me sentindo mal e acabamos não assistindo ao filme, estava ficando tarde e eu só queria ir para casa ficar com você e dormir. Na saída do cinema, vimos que o Mauricio de Souza estava lá e aproveitamos para tirar uma foto com ele, que na verdade era o que eu queria desde o início e fiquei assustada com o tamanho dele, acho que ele é mais baixo que eu, acredita? rsrs... 

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Carta para Rafael - Férias, Congresso, Cirurgia e novo tratamento.

Bom dia, meu amor!
Que frio tem feito esses dias, né? Até você que é super calorento tem sentido frio, imagina! 

O frio de Belo Horizonte é diferente do frio de Gramado, não é? Lembra de Gramado? 
Quando a mamãe ficou doente e prometeu não comer chocolate, programamos várias viagens e lugares para comemorar e voltar a comer em grande estilo quando eu estivesse curada.
Assim que o tio Enaldo falou que eu estava em remissão, o papai comprou nossa viagem para Gramado e foi uma viagem maravilhosa, a vovó e o vovô foram com a gente e passeamos muito, você adorou, conquistou todo mundo e fez vários amigos, principalmente no hotel na hora do café da manhã, onde a tia Lena fazia seu ovo mexido, seu suquinho de laranja e você abria um sorrisão toda vez que a via.